Cliente Pandora: instale Pithos no Ubuntu e derivados

Pithos é um aplicativo cliente do serviço .com para Linux. Se você usa esse serviço, veja aqui como instalar o programa no Ubuntu e sistemas derivados.


Pandora é um serviço de streaming e recomendação de música que normalmente só está disponível nos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia, mas que você pode usá-lo em qualquer outro país com um proxy americano, VPN, um serviço de DNS ou com Tor e SelekTOR, seguindo as dicas desse tutorial.

Cliente Pandora: instale Pithos no Ubuntu

Cliente Pandora: instale Pithos no Ubuntu e derivados

Já o Pithos é um simples cliente do serviço Pandora.com, que possui arte da capa, permite alternar entre as estações do Pandora, permite editar QuickMix e criar estações, possui integração com o : Ubuntu AppIndicator, notificações, suporta MPRIS v2 (e assim Pithos se integra com o menu de som do Ubuntu/extensão GNOME Shell Mediaplayer), tem suporte a teclas de mídia, possui suporte a proxy e tem scrobbling last.fm.

Novidades da mais recente versão do cliente Pandora Pithos

Pithos 1.3.1 traz as seguintes novidades:

  • Foi corrigida uma exceção no Python 3.6+;
  • Adicionada a capacidade de criar estações com base na música/artista atual;
  • Permite mostrar erro útil na renomeação do Thumbprint Radio;
  • Permite mostrar erro útil na criação da estação já existente;
  • Foram feitas melhorias no buffer secundário;
  • Recebeu melhoria nas preferências e oferece a desautorização da conta Lastfm;
  • Mpris: Foi adicionada extensão para avaliações e removida a interface legada;
  • Mediakeys: corrigida futuras versões do GNOME 3.24.2+.
  • Para mais detalhes sobre a versão mais recente, clique nesse link.

    Conheça melhor o cliente Pandora Pithos

    Para saber mais sobre o programa, clique nesse link.

    Como instalar o cliente Pandora Pithos no Ubuntu e derivados

    Pithos já está disponível no repositório padrão do sistema e para instalar ele basta procurar na Central de programas ou usar o comando sudo apt-get install pithos em um terminal.

    Mas se você estiver uma uma versão anterior do Ubuntu, ou simplesmente quer ter a versão mais recente, para instalar o Pithos no Ubuntu e derivados e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, faça o seguinte:
    Passo 1. Abra um terminal usando o Dash ou pressionando as teclas Ctrl+Alt+T;
    Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

    sudo add-apt-repository ppa:pithos/ppa

    Passo 3. Atualize o APT com o comando:

    sudo apt-get update

    Passo 4. Agora instale o programa com o comando:

    sudo apt-get install pithos

    Como instalar o cliente Pandora pithos manualmente ou em outras distros

    Se não quiser adicionar o repositório ou quer tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar o arquivo DEB do programa nesse link e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele).

    Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma atualização do programa.

    Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite pithos no Dash (ou em um terminal, seguido da tecla TAB).

    Desinstalando o cliente Pandora Pithos no Ubuntu e derivados

    Para desinstalar o cliente Pandora Pithos no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
    Passo 1. Abra um terminal;
    Passo 2. Desinstale o programa, usando o comando abaixo;

    sudo add-apt-repository ppa:pithos/ppa --remove
    sudo apt-get remove pithos
    sudo apt-get autoremove

    Como instalar o cliente Pandora Pithos em outras distribuições

    Usuários do Arch Linux pode instalar Pithos via AUR.

    Para outras distribuições Linux, consulte a seção que fala de instalação na homepage do Pithos.

    Fonte

    O que está sendo falado no blog nos últimos dias


    Edivaldo

    Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

    Website: http://www.edivaldobrito.com.br/author/edivaldo/



    blog comments powered by Disqus