Como instalar o Mono no Ubuntu, Debian e derivados

Quer em .Net no Linux e ainda não sabe por onde começar? Então veja como instalar o Mono no Ubuntu, Debian e derivados, e comece a produzir.


Embora seja alardeada como uma plataforma de software projetada para permitir que os desenvolvedores criem facilmente aplicações multiplataforma, oficialmente o Framework .Net da Microsoft suporta apenas o sistema operacional Windows.

Como instalar o Mono no Ubuntu, Debian e derivados


Veja também


Infelizmente, para que possamos portar aplicativos escritos em .Net Framework para outras plataformas além do Windows, como Linux, Mac OS X, iPhone OS, Oracle Solaris, FreeBSD e outros, precisamos utilizar a plataforma chamada Mono que é patrocinada pela empresa Xamarin.



Resumindo, Mono é uma implementação de código aberto do .NET Framework da Microsoft com base nos padrões ECMA para C# e Common Language Runtime. A seguir você verá como instalar essa tecnologia no Ubuntu, Debian e derivados destes.

Conheça melhor o Mono

Para saber mais sobre essa tecnologia, clique nesse link.

Como instalar o Mono no Ubuntu e seus derivados

Mono está disponível nos repositórios oficiais do Ubuntu e pode ser instalado usando a Central de programas ou usando o comando sudo apt-get install mono-devel. No entanto, em versões mais antigas, para instalar o Mono no Ubuntu e poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

echo "deb http://download.mono-project.com/repo/debian wheezy main" | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/mono-xamarin.list

Passo 3. Baixe e a chave do repositáorio com este comando;

sudo apt-key adv --keyserver hkp://keyserver.ubuntu.com:80 --recv-keys 3FA7E0328081BFF6A14DA29AA6A19B38D3D831EF

Passo 4. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 5. Para instalar apenas o necessário para compilar o código, use o comando abaixo;

sudo apt-get install mono-devel

Passo 6. Para instalar tudo do Mono, use o comando abaixo;

sudo apt-get install mono-complete

Passo 7. Para instalar o suporte de compilação PCL, use o comando abaixo;

sudo apt-get install eferenceassemblies-pcl

Passo 8. Para obter certificados SSL para conexões HTTPS no Mono, use o comando abaixo;

sudo apt-get install ca-certificates-mono

Como instalar o Mono manualmente ou em outras distros

Para aqueles que não conseguiram instalar com o procedimento acima, não querem adicionar o repositório ou querem tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar o arquivo DEB do programa nesse link e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele).

Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma atualização do programa.

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite mono no terminal e veja as opções do comando.
Em outra oportunidade, mostrarei como instalar a IDE MonoDevelop. Fiquem de olho!

Desinstalando o Mono no Ubuntu e derivados

Para desinstalar o Mono no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando os comandos abaixo;

sudo apt-get remove mono-*
sudo apt-get autoremove

Via Mono Project

Se você teve alguma dificuldade ou sabe de alguma dica relacionada ao assunto acima, escreva um comentário e ajude a melhorar esse texto. E não esqueça de compartilhar também, ok?

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus