Instalando a versão mais recente do digiKam no Linux

Precisa de uma ótima ferramenta para administrar e editar suas fotos? Basta usar o digiKam!

Quem precisa de uma ótima ferramenta para administrar e editar suas fotos pode usar o digiKam. E para ter sempre a versão mais recente do digiKam no Linux, basta seguir este tutorial.


digiKam é um software de código aberto para gerenciamento avançado de fotos digitais para Linux, e Mac OS X.

Instalando a versão mais recente do digiKam no Ubuntu

Ele possui diversas funcionalidades que permitem importar, exportar, visualizar, gerenciar, editar, melhorar, organizar, rotular, e compartilhar fotos em sistemas Linux.

Neste tutorial será mostrado como instalar o DigiKam no Kubuntu, Linux Mint KDE e outros sistemas derivados do Ubuntu que usam o KDE como ambiente desktop padrão.

O programa também pode ser instalado em sistema baseados no Ubuntu que não usam o KDE, através do repositório philip5/extra, mas isso irá instalar um monte de bibliotecas do KDE.

Novidades da versão mais recente do DigiKam

DigiKam 5.8.0 apresenta uma nova ferramenta que permite aos usuários exportar suas coleções de imagens para dispositivos compatíveis com UPnP / DLNA. Pode ser acessado em todas as visualizações do digiKam através do menu Ferramentas.

Instalando a versão mais recente do digiKam no Linux

Além de uma nova ferramenta de exportação UPnP/DLNA, o digiKam 5.8.0 adiciona várias melhorias ao suporte ao banco de dados MySQL e MariaDB, as portas das ferramentas de exportação Dropbox para a API de autorização OAuth2 e aborda mais de 200 erros que foram relatados pelos usuários desde a O lançamento do digiKam 5.7.0 anunciado no ano passado em setembro, melhorando assim o desempenho geral do aplicativo.

O digiKam 5.8.0 também melhora o pacote AppImage para sistemas operacionais baseados em Linux ao atualizá-lo para o mais recente SDK (Software Development Kit) para permitir aos usuários executá-lo em ambientes sandboxing Firejail (para uma melhor segurança) e atualiza o instalador do Windows para o último NSIS, adicionando compatibilidade com sistemas operacionais Windows 10.

A compilação do pacote do MacOS também foi melhorada nesta versão com o sistema de compilação de Pacotes mais recente, adicionando uma camada extra de recursos opcionais tanto para digiKam quanto para Showfoto.

Por fim, existem algumas novas bibliotecas de baixo nível portadas para o Qt5 puro, incluindo o suporte a scanner digital e o suporte a arquivos de eventos com a exportação para a ferramenta Calendário.

Para saber mais detalhes sobre essa versão do programa, clique nesse link.

Conheça melhor o DigiKam

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar a versão mais recente do digiKam no Linux

Para instalar a versão mais recente do digiKam no Linux, use um dos procedimentos abaixo.

Como instalar a versão mais recente do digiKam no Linux usando AppImage

Para instalar o a versão mais recente do digiKam no Linux usando um usando arquivo AppImage, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal (No Unity, use o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome digikam.appimage:

wget https://download.kde.org/stable/digikam/digikam-5.8.0-01-i386.appimage -O digikam.appimage

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome digikam.appimage:

wget https://download.kde.org/stable/digikam/digikam-5.8.0-01-x86-64.appimage -O digikam.appimage

Passo 5. Dê permissão de execução para o arquivo baixado;

chmod +x digikam.appimageb

Passo 6. Agora instale o programa com o comando;

./digikam.appimage

Passo 7. Na janela que será exibida, clique no botão “Yes” e aguarde o final da instalação;

Instalando a versão mais recente do digiKam no Ubuntu e derivados

Para instalar a versão mais recente do digiKam no Ubuntu e derivados, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Para instalar o DigiKam no Ubuntu com KDE ou com outros ambientes gráficos, adicione o repositório do programa com este comando:

sudo add-apt-repository ppa:philip5/extra

Passo 3. Para instalar o DigiKam no Ubuntu com KDE (Kubuntu), adicione o repositório do programa com este comando;

sudo add-apt-repository ppa:philip5/kubuntu-backports

Passo 4. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 5. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install digikam

Como instalar o DigiKam manualmente no Linux Ubuntu, Debian ou em outras distros

Para aqueles que não conseguiram instalar com o procedimento acima, não querem adicionar o repositório ou querem tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar o arquivo DEB do programa nesse link ou nesse link, e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele).

Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma atualização do programa.

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite digikam no Dash (ou em terminal, seguido da tecla TAB)

Como remover o DigiKam no Ubuntu e seus derivados

Para remover o DigiKam no Ubuntu, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 4. Para desinstalar o programa, use o comando abaixo;

sudo apt-get remove digikam
sudo apt-get autoremove

O que está sendo falado no blog nos últimos dias




blog comments powered by Disqus