Editor de vídeo: Lançada versão estável do Lightworks para Linux

Depois de estar em beta há quase um ano, o de de vídeo chegou a versão 11.5 estável, sendo esta a primeira versão para Linux. A nova versão, naturalmente, também está disponível para Windows.
editor de video
Lightworks é uma ferramenta de de vídeo profissional e software de masterização. O aplicativo já foi utilizado em alguns renomados filmes ganhadores do Oscar e do Emmy award, incluindo O Discurso do Rei, Hugo, Os Infiltrados de Martin Scorsese, Missão Impossível, Pulp Fiction, Coração Valente e Batman.

Lightworks está disponível como uma versão gratuita ou como uma versão paga com uma licença pro, que custa $ 7,99 por mês ou 79,99 dólares por ano ou uma taxa única de $ 279,99. A diferença entre a versão gratuita e a paga (pro), é que a versão gratuita é limitada a formatos de web, como MPEG4/H.264 em até 720p, enquanto a versão Pro tem uma gama muito maior de opções de saída, inclui o compartilhamento de projetos, 3D saída estereoscópica e o usuário pode definir locais de projeto.


Veja também


O Lightworks 11.5 inclui novas funcionalidades, tais como:



  • Importação, processamento e exportação de tarefas em segundo plano;
  • Suporte para exibição Retina;
  • Opção de exportação, incluindo upload direto para o YouTube;
  • Suporte de decodificação de áudio AC3, eliminando a necessidade de decodificadores de terceiros;
  • Interface de usuário totalmente personalizável;
  • Menus inteligentes com acesso rápido e exportação de favoritos FX;
  • Novas e poderosas melhorias Multicam;
  • Controles de reprodução adicionadas aos espectadores de origem e edição.

A lista completa de alterações dessa versão pode ser encontrada nesse link (PDF).

Mesmo que sendo considerada uma versão estável, há alguns problemas e limitações conhecidos para Windows e Linux. Por exemplo, no Linux não há suporte Firewire, sem opção de exportação Quicktime/MPEG4, apenas placas ATI e Nvidia são suportadas, o áudio pode não estar presente em alguns arquivos AVI descompactado e para Linux, há apenas arquivos deb e rpm para 64 bits, disponível para download, entre outros problemas.

Lightworks vem com as seguintes especificações recomendadas no Linux:

  • Distros Debian: Ubuntu / Lubuntu / Xubuntu 13.10, Mint 15, 16;
  • Distros RPM: Fedora 18, 19;
  • Chipset: chipset Intel i7 ou mais rápido, chipset AMD;
  • Memória: 3 GB de RAM ou superior;
  • Tela: Dois displays de alta resolução (1920 x1080) ou acima;
  • Placa gráfica: placa gráfica PCI Express (NVIDIA ou ATI) com 1 GB ou superior e suporte para OpenGL;
  • Armazenamento: suportes separados e unidades do sistema (que podem ser internas ou externas, desde que o que a interface seja adequadamente rápido: eSATA Firewire 800);
  • Som: Placa de som compatível e um sistema de monitoração de áudio;
  • Opcional: Lightworks Console;
  • Opcional teclado Lightworks;
  • Unidade do sistema: 200MB de espaço em disco para instalação Lightworks;
  • Internet: conexão à Internet para ativação de Lightworks (primeira vez apenas).

Conheça melhor o Lightworks

 Para saber mais sobre o programa, clique nesse link.

Instalando o Lightworks no Ubuntu e derivados

Vale lembrar que a produtora do Lightworks anunciou um tempo atrás que Lightworks se tornaria open source. Isso foi quatro anos atrás, e até o momento, não é possível saber qual o status atual do programa em relação a isso. De qualquer forma, se você quiser experimentar o Lightworks no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Se não estiver aberto, execute um terminal usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T;
Passo 2. Abra um navegador, acesse esse endereço e baixe o arquivo DEB:

http://www.lwks.com/index.php?option=com_lwks&view=download&Itemid=206

Passo 3. Se preferir, baixe o arquivo DEB diretamente com o comando:

wget -c http://www.lwks.com/dmpub/lwks-11.5-amd64.deb

Passo 4. Vá para a pasta onde foi baixado o arquivo (geralmente Download) com o comando:

cd Download

Passo 5. Instale o programa com o comando:

sudo dpkg -i lwks-11.5-amd64.deb

Passo 6. Para completar, instale as dependências com o comando:

sudo apt-get -f install

Uma vez instalado, abra o programa clicando no Dash e digitando: lightworks.

Caso dê algum erro na hora da execução, repita o quinto passo.


O que está sendo falado no blog hoje


Quer mais informações e dicas? Conheça também essas séries:


Compartilhe

Gostou da dica? Aproveite e conte sua experiência nos comentários e se quiser saber informações assine nosso feed, ele está na barra lateral direita do site. Com o feed você receberá as novidades sempre que forem publicadas. Assine e também compartilhe nossas postagens clicando nos botões do Google+, Twitter e Facebook.


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus