Golpes Phishing são uma realidade. Fique atento!

Dentre todas as modalidades de ataque virtual existe o , que leva este nome por fazer menção à pescaria (em português), e corresponde ao ato de realmente pescar dados dos clientes de modo ilegal. Através de falsas mensagens, é possível captar dados pessoais de usuários de internet e captar suas senhas em sites ou até mesmo senhas bancárias.
phishing
Recentemente o Google realizou um levantamento, através de parceria realizada com a Universidade da Califórnia, e mostrou de forma alarmante que 45% dos ataques na modalidade Phishing são muito bem sucedidos. Isso ocorre porque a maioria dos usuários atuais de internet se sente esperto o suficiente para não cair nestes tipos de .

E os locais em que os hackers mais se localizam são Malásia, Nigéria, Costa do Marfim, Nigéria e China. Levando em conta que são necessários apenas trinta minutos para os hackers invadirem as contas, as quais têm acesso, e em apenas três minutos conseguem identificar aqueles dados mais relevantes que querem roubar.


Veja também


Os principais alvos de Phishing são: dados bancários, contas de e-mail, redes sociais e lojas de aplicativos. O grande problema está na ação das pessoas que inserem seus dados de forma muito rápida em sites que ao menos conhecem. Constatou-se que até mesmo os sites mais piratas conseguem em média 3% de inserção de dados completos dos usuários.



Outro ponto que faz com as técnicas ilegais de Phishing se espalhem pelo mundo virtual, é o fato de que os hackers conseguem enviar e-mails a partir das contas de suas próprias vítimas. Sendo assim, os amigos e familiares dessa vítima recebem os e-mails e os abrem de forma totalmente confiante. Acabam por ceder, desta forma, informações que são igualmente esperadas pelos hackers.

Este levantamento demonstrou que as pessoas dos círculos das vítimas iniciais (por contas invadidas) são as mais afetadas e propensas a cederem suas informações de forma ingênua, do que o próprio dono da conta.

Os casos mais ativos de Phishing na internet são, conforme dito, aqueles de mensagens suspeitas em e-mails que as pessoas são levadas a abrir e clicar em links. Mas o alerta está demonstrando que, atualmente, os hackers estão cada vez mais gastando tempo em construções online capazes de pescar pessoas desprevenidas. Pois, páginas inteiras são construídas para imitar sites de instituições e bancos e pegar informações confidenciais das pessoas e empresas.

Como as pessoas utilizam não somente seus computadores, mas também os mobiles, como tablets e smartphones, estes aparelhos acabam por ser tão vulneráveis quanto às outras formas de uso. Está sendo cada vez mais comum o pagamento de contas ou transações bancárias através de dispositivos mobile e é sempre bom ter um antivírus para celular.

Aqueles compradores online assíduos, ou pessoas que gostam de fazer qualquer tipo de movimentação bancária por telefone celular, devem estar atentos aos aplicativos antivírus. Estes que são pouco comuns para celulares e também utilizados em menor escala que os de computadores, são de grande ajuda nestes momentos.

Autora: Rebeca Fernandes
Este artigo foi escrito pela Rebeca Fernandes e o conteúdo acima é de inteira responsabilidade da mesma.
Se você também quiser publicar algo que seja relevante para os leitores do Blog, entre em contato pelo e-mail que fica nesse link

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus