Governo chinês está construindo um SO baseado no Ubuntu

A Canonical e o Ministério da Indústria e TI chinês anunciaram na ultima quinta-feira (21) que estão atuando conjuntamente no desenvolvimento de um SO baseado no sistema operacional de código aberto Ubuntu. Trabalhando com a Canonical, a empresa responsável pelo Ubuntu, a China Software e a Integrated Chip Promotions Centre (CSIP) – que fazem parte do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China – planeja lançar o SO Kylin em abril deste ano.

ubuntu_chines


Veja também


A adoção de um sistema aberto pelo governo chinês pode até parecer uma contradição, mas não é. As licenças que cobrem o Linux e seus programas agregados permitem que qualquer pessoa (ou governo) possa usá-los e modificá-los a sua vontade (desde que compartilhe essas modificações).



O novo sistema operacional chinês será baseado no Ubuntu 13.04 e terá seu foco nos desktops. Não foram divulgados mais detalhes sobre o sistema.

Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus