Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal

Se você precisa gravar uma imagem ISO usando o Terminal, veja nesse tutorial como fazer isso e entenda um pouco mais sobre o processo.


Atualmente gravar uma imagem ISO no Linux é muito fácil e existem várias ferramentas que podem fazer isso para você. Contudo, nem sempre é possível ter acesso a ferramentas gráficas e nessa situação, “o Terminal é seu melhor amigo”. Para ajudá-lo, veja a seguir, como gravar uma imagem ISO usando o Terminal.

Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal


Veja também


Se você quiser verificar a integridade da imagem ISO, consulte esse tutorial:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida



Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal

Antes de começar, certifique-se de que o seu pendrive está formatado e todos os arquivos dele foram removidos. Ciente disso, para gravar uma imagem ISO usando o Terminal, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Plugue o pendrive no computador;
Passo 3. Provavelmente ele será montado automaticamente. Independente disso, se você quiser saber o endereço do pendrive, digite o comando abaixo;

lsblk

Passo 4. Como é possível ver na imagem da saída do comando anterior, o pendrive é o sdb (o sda é o disco onde o sistema está instalado e o sr0 é a unidade de CD/DVD);

Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal

Passo 5. Para gravar a imagem ISO nele, use o comando abaixo (lembre-se de ajustar o caminho e o nome da imagem ISO para o seu caso, bem como o caminho do pendrive). O processo começará e normalmente demora um pouco, por isso tenha paciência. Depois de um tempo, você verá no prompt do terminal exatamente a quantidade de dados copiados e a velocidade em que isso ocorreu, o que significa que processo deu certo;

sudo dd if=/home/edivaldo/Downloads/arquivoiso.iso of=/dev/sdb bs=4M

Passo 6. Depois de usar o novo pendrive, se você quiser limpar ele, basta digitar o comando a seguir. Este comando irá zerar seu pendrive. Depois disso, você vai precisar usar uma ferramenta de particionamento como o Gparted para uma nova partição nele;

sudo dd if=/dev/zero of=/dev/sdb bs=1M

Pronto! Agora sempre que precisar, você pode gravar seu pendrive, mesmo quando não tiver uma interface gráfica com aplicativos para essa tarefa.

Com poucos ajustes é possível usar o processo para gravar em um CD ou DVD. Mas se é isso o que você quer, pode usar esse tutorial:
Como gravar uma imagem ISO no Ubuntu

Via Make Tech Easier

Se você teve alguma dificuldade ou sabe de alguma dica relacionada ao assunto acima, escreva um comentário e ajude a melhorar esse texto. E não esqueça de compartilhar também, ok?

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus