Java no Linux: veja como Instalar manualmente

[soliloquy id=”0″]Java é uma linguagem e ao mesmo tempo uma plataforma importante. No Linux, cada distribuição tem seu modo de fornecer o Java e para dar aos usuários um método que funcione na maioria delas, hoje mostrarei como instalar Java no Linux manualmente (nesse caso o Java da Oracle).


Na maioria das distribuições Linux o Java não vem instalado por padrão, com isso, para ter Java no Linux, o usuário é obrigado a fazer o procedimento de instalação.

Java no Linux manualmente: veja como Instalar


Veja também


O passo a passo a seguir foi testado por min e possivelmente deverá funcionar na maioria das distribuições, desde que o usuário adapte as particularidades e endereço de arquivos aos comandos. Depois de feito uma vez, nas próximas atualizações, só será necessário repetir o procedimento.



Conheça melhor o Java

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

O aplicativo foi atualizado recentemente e por isso, esse tutorial está sendo republicado com os links atualizados.

Caso já tenha feito alguma instalação manual, antes de fazer os passos abaixo vá para o procedimento “Como remover o Java no Linux manualmente”, que fica no final desse tutorial.

Como instalar Java no Linux manualmente

Para instalar Java no Linux manualmente, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Se você já tiver feito a instalação manual do Java, vá para o procedimento “Como remover o Java no Linux manualmente” (que fica logo abaixo) e só então faça a instalação mostrada nesse procedimento;
Passo 3. Se você já tiver o instalado, vá para o procedimento “Desinstalando o Java no Ubuntu e derivados” (que fica nesse link) ou use o gerenciador de pacotes de sua distribuição para fazer isso. Só depois disso, faça a instalação mostrada nesse procedimento;
Passo 4. Se você já tiver o Oracle Java instalado, vá para o procedimento “Removendo o Oracle Java” (que fica nesse link) ou use o gerenciador de pacotes de sua distribuição para fazer isso. Só depois disso, faça a instalação mostrada nesse procedimento;
Passo 5. Confira se o seu é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 6. Se seu sistema é de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o Java. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome jre-linux.tar.gz;

wget http://javadl.oracle.com/webapps/download/AutoDL?BundleId=216422 -O jre-linux.tar.gz

Passo 7. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o Java. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome jre-linux.tar.gz;

wget http://javadl.oracle.com/webapps/download/AutoDL?BundleId=216424 -O jre-linux.tar.gz

Passo 8. Depois de baixar, crie a pasta “jvm” em “/usr/lib” com o comando:

sudo mkdir /usr/lib/jvm

Passo 9. Execute o comando abaixo para descomprimir o pacote baixado, para a pasta criada;

sudo tar zxvf jre-linux.tar.gz -C /usr/lib/jvm

Passo 10. Renomeie a pasta criada. Se ao executar o comando abaixo ocorrer um erro com a mensagem iniciando com “mv: é impossível sobrescrever o não-diretório”, pule este passo;

sudo mv /usr/lib/jvm/jre*/ /usr/lib/jvm/jre

Passo 11. Crie um link simbólico para a pasta criada;

sudo ln -s /usr/lib/jvm/jre /usr/lib/jvm/java-oracle

Como configurar o ambiente Java no Linux manualmente

Para configurar o ambiente Java no Linux manualmente, faça o seguinte:
Passo 1. Crie uma cópia do arquivo /etc/profile;

sudo cp -a /etc/profile /etc/profile.original

Passo 2. Agora abra o arquivo com seu editor de texto favorito;

sudo gedit /etc/profile

Passo 3. Digite ou cole (recomendável) o texto abaixo dentro do arquivo, mais exatamente pouco depois das primeiras linhas (os comentários com símbolo # no inicio da linha). A seguir, salve e feche o arquivo;

JAVA_HOME=/usr/lib/jvm/java-oracle/
PATH=$JAVA_HOME/bin:$PATH export PATH JAVA_HOME
CLASSPATH=$JAVA_HOME/lib/tools.jar
CLASSPATH=.:$CLASSPATH
export  JAVA_HOME  PATH  CLASSPATH

Java no Linux manualmente: veja como Instalar
Passo 4. Reinicie o sistema para efetivar a mudança;

sudo reboot

Como instalar o plugin Java no navegador Firefox manualmente

Para instalar o plugin Java no navegador Firefox manualmente, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Para descobrir em que pasta estão os plugins do Firefox, execute o navegador e digite o comando abaixo na caixa de endereço;

about:plugins

Java no Linux manualmente: veja como Instalar
Passo 2. Com a informação, crie um link simbólico do plugin Java para a pasta de plugins do Firefox, digitando o comando abaixo em um terminal (lembre-se de ajustar o endereço “/usr/lib/mozilla/plugins/” para o encontrado no passo anterior);

sudo ln -s /usr/lib/jvm/java-oracle/lib/amd64/libnpjp2.so /usr/lib/mozilla/plugins/libnpjp2.so

Como instalar o plugin Java no navegador Chrome manualmente (até versão 34)

Para instalar o plugin Java no navegador Chrome manualmente, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Para descobrir em que pasta estão os plugins do Chrome, execute o navegador e digite o comando abaixo na caixa de endereço. Na tela que aparece, se não for possível ver o endereço dos plugins, clique no link “Detalhes”;

chrome://plugins/

Passo 2. Com a informação, crie um link simbólico do plugin Java para a pasta de plugins do Chrome, digitando o comando abaixo em um terminal (ajuste o endereço “/opt/google/chrome/” para o encontrado no passo anterior);

sudo ln -s /usr/lib/jvm/java-oracle/lib/amd64/libnpjp2.so /opt/google/chrome/libnpjp2.so

Verificando a versão do Java e se o plugin está funcionando

Para saber se o plugin está funcionando, acesse a página de verificação do Oracle Java e clique no botão “Verificar versão do Java”;
Java no Linux manualmente: veja como Instalar

Java no Linux manualmente: veja como Instalar

Como remover o Java no Linux manualmente

Para remover o Java no Linux manualmente, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Apague a pasta “jvm” em “/usr/lib” com o comando:

sudo rm -Rf /usr/lib/jvm

Passo 3. Caso já tenha instalado plugin no Firefox, descubra em que pasta estão os plugins do Firefox, executando o navegador e digitando o comando about:plugins na caixa de endereço e depois apague o atalho com o comando abaixo (lembre-se de ajustar o endereço “/usr/lib/mozilla/plugins/” para o que foi encontrado);

sudo rm -Rf /usr/lib/mozilla/plugins/libnpjp2.so

Passo 4. Caso já tenha instalado plugin no Chrome, descubra em que pasta estão os plugins do Chrome, executando o navegador e digitando o comando chrome://plugins/ na caixa de endereço e depois apague o atalho com o comando abaixo (lembre-se de ajustar o endereço “/opt/google/chrome/” para o que foi encontrado);

sudo rm -Rf /opt/google/chrome/libnpjp2.so

Pronto! Com os procedimentos acima e pequenos ajustes, em poucos minutos você terá o Java funcionando em seu sistema Linux e poderá começar a usar seus recursos.

Via Oracle e Viva o Linux

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus