Lançado PhotoFilmStrip 2.0 – instale no Ubuntu e derivados

O PhotoFilmStrip chegou a versão 2.0, se você quiser experimentar essa versão, veja aqui como instalar ele no Ubuntu e derivados.
photofilmstrip1
Para quem ainda conhece, o PhotoFilmStrip é um software de código aberto que permite aos usuários converter suas imagens favoritas em vídeos profissionais em apenas passos simples e .
Ele também tem alguns efeitos interessantes (“Ken Burns”), adicionando comentários (legendas) com a possibilidade de adicionar arquivos de áudio no plano de fundo da apresentação de slides.Em contraste com outros programas, PhotoFilmStrip oferece a oportunidade de criar apresentação de slides em resolução de full HD (1920 × 1080).

Conheça melhor o PhotoFilmStrip

Para saber sobre as características do programa e o que ele pode fazer, clique nesse link.
Veja abaixo um vídeo produzido com o PhotoFilmStrip:
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=O3HLQ3CxTjs


Veja também


o PhotoFilmStrip 2.0 no Ubuntu e derivados

Para instalar o PhotoFilmStrip 2.0 no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Baixe o pacote DEB do programa com o seguinte comando:



wget http://ufpr.dl.sourceforge.net/project/photostoryx/photofilmstrip/2.0.0-RC1/photofilmstrip_2.0.0-1_all.deb

Passo 3. Depois instale o aplicativo, digitando o comando:

sudo dpkg -i --force-depends photofilmstrip_2.0.0-1_all.deb

Passo 4. Agora instale as dependências do programa com o comando:

sudo apt-get -f install

Depois de instalado, abra o programa a partir do Dash, digitando: photofilmstrip


O que está sendo falado no blog hoje


Quer mais informações e dicas? Conheça também essas séries:

Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus