Como instalar a versão mais recente do Lightworks no Linux

Precisando a instalar a versão mais recente do Lightworks no Linux? Siga os passos desse tutorial e veja como fazer isso.


Lightworks é um software de edição de vídeo popular, utilizado na indústria do cinema, como uma alternativa para o Apple Finalcut, Pinnacle Studio e Avid Media Composer, fornecendo ferramentas para o processamento de vídeos nos formatos livres e proprietários mais populares: H.264, XDCAM EX/HD 42, Avid DNxHD, AVC-Intra.

Como instalar a versão mais recente do Lightworks no Linux


Veja também


O aplicativo já foi utilizado em alguns renomados filmes ganhadores do Oscar e do Emmy award, incluindo O Discurso do Rei, Hugo, Os Infiltrados de Martin Scorsese, Missão Impossível, Pulp Fiction, Coração Valente e Batman.



Lightworks está disponível como uma versão gratuita ou como uma versão paga com uma licença pro, que custa $ 7,99 por mês ou 79,99 dólares por ano ou uma taxa única de $ 279,99.

A diferença entre a versão gratuita e a paga (pro), é que a versão gratuita é limitada a formatos de web, como MPEG4/H.264 em até 720p, enquanto a versão Pro tem uma gama muito maior de opções de saída, inclui o compartilhamento de projetos, 3D saída estereoscópica e o usuário pode definir locais de projeto.

O aplicativo foi atualizado recentemente e por isso, esse tutorial está sendo republicado com os links atualizados.

Conheça melhor o Lightworks

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar o Lightworks no Linux Ubuntu, Debian e seus derivados

Para instalar o Lightworks no Linux Ubuntu, Debian e seus derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Abra um navegador, acesse esse endereço, clique em “Downloads” (e se necessário, na aba “Linux”) e baixe o arquivo DEB, ou se preferir, baixe o arquivo diretamente com o comando:

wget http://downloads.lwks.com/lwks-12.6.0-amd64.deb -O lwks.deb

Passo 3. o programa com o comando:

sudo dpkg -i lwks.deb

Passo 4. Para completar, instale as dependências com o comando:

sudo apt-get -f install

Passo 5. Caso seja necessário, desinstale o programa usando o comando abaixo;

sudo apt-get remove lwks

Como instalar o Lightworks no Linux Fedora, CentOS e seus derivados

Para instalar o Lightworks no Linux Fedora, CentOS e seus derivados, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Abra um navegador, acesse esse endereço, clique em “Downloads” (e se necessário, na aba “Linux”) e baixe o arquivo RPM, ou se preferir, baixe o arquivo diretamente com o comando:

wget http://downloads.lwks.com/lwks-12.6.0-amd64.rpm -O lwks.rpm

Passo 4. Para instalar em um Fedora, RedHat e seus derivados, use o comando abaixo:

sudo yum localinstall lwks.rpm

ou

sudo dnf install lwks.rpm

Passo 5. Para instalar em um openSUSE ou um de seus derivados, use o comando abaixo:

sudo zypper install lwks.rpm

Passo 6. Para instalar em um OpenMandriva, Mageia e seus derivados, use o comando abaixo:

sudo urpmi lwks.rpm

Passo 7. Se depois você precisar desinstalar o programa no Fedora ou CentOS ou outro derivado deles, use o comando abaixo;

sudo yum remove lwks*

ou

sudo dnf remove lwks*

Passo 8. Se depois você precisar desinstalar o programa no OpenSUSE ou um derivado dele, use o comando abaixo;

sudo zypper remove lwks*

Passo 9. Se depois você precisar desinstalar o programa no Mageia ou OpenMandriva ou qualquer derivado deles, use o comando a seguir;

sudo urpme lwks*

Lembre-se! Depois da instalação, você precisa se registrar on-line para poder acessar o Lightworks.

Depois de cadastrado, basta entrar com suas informações na inicialização do aplicativo.

Como instalar a versão mais recente do Lightworks no Linux

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite lwks no Dash (ou em um terminal, seguido da tecla TAB).

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus