Linux Mint 17.1 KDE já está disponível para download

A equipe Mint finalmente anunciou o lançamento do Linux Mint . Conheça mais um pouco sobre ela e descubra onde baixar a distro.
linux mint 17.1 kde
Pouco tempo depois do lançamento da tão aguardado da versão estável do Linux Mint 17.1 Rebecca com ambiente de desktop Mate e Cinnamon, os desenvolvedores do derivado não oficial mais popular do Ubuntu lançam agora a versão com base no KDE (em breve, também será lançada a versão baseada no XFCE).

Linux Mint é baseado no Ubuntu 14.04 (ambas LTS, e portanto, serão suportadas até abril de 2019). Essa versão traz muitas atualizações a partir do ambiente de trabalho “K”, que aliás, está atualizado para a versão 4.14, tornando-se assim mais estável, seguro e funcional. Com Linux Mint 17.1 KDE encontramos também a nova versão do gerenciador de exibição MDM que teve as preferências redesenhados para oferecer uma configuração mais simples e intuitiva.

Nesse lançamento, também estreia o novo novo gerenciador de línguas unificado e a nova versão do gerenciador de atualização (Update Manager) capaz de agrupar as diversas dependências de cada aplicação. Linux Mint 17.1 KDE melhora a integração com KWallet, também traz suporte para EFI e para sistemas com CPU´s non-PAE, melhora a integração com o Skype e o suporte para a reprodução de vídeos em DVD com o VLC Media Player.

Conheça melhor a distribuição Linux Mint

Para saber mais sobre a distribuição Linux Mint, clique nesse link. Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Linux Mint 17.1 KDE

A imagem ISO do Linux Mint 17.1 KDE já pode ser baixada acessando o link abaixo: Linux Mint 17.1 KDE

Ou se preferir, acesse os links abaixo diretamente:
Linux Mint 17.1 KDE (32-bit)
Linux Mint 17.1 KDE (64-bit)

gravar a imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o , pode usar esse tutorial: Como gravar uma imagem ISO
Via UbuntuHandbook

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje



blog comments powered by Disqus