Linux Mint 17.1 Xfce já está disponível para download

Clement Lefebvre, o homem por trás do Linux Mint, anunciou o lançamento da versão estável do Linux Mint 17.1 Xfce. Conheça mais um pouco sobre ela e descubra onde baixar a distro.
Linux Mint 17.1 Xfce
Pouco tempo depois do lançamento da tão aguardado da versão estável do Linux Mint 17.1 Rebecca com ambiente de desktop Mate e Cinnamon, e quase em simultâneo com o lançamento de versão com o ambiente desktop KDE, a equipe do Linux Mint lançou a nova versão Linux Mint 17.1 Xfce.

Assim como as outras variantes do Mint 17.1 Linux, essa versão do sistema é baseada no Ubuntu 14.04 (sendo também, LTS, e portanto, será suportado até abril de 2019). Entre os novos recursos do Linux Mint Xfce 17.1, destaque para o fato do sistema agora possuir dois gerenciadores de janelas: Xfwm (gerenciador padrão no XFCE) e Compiz (gerenciador que inclui numerosas personalizações, animações e efeitos, tudo gerenciáveis através do aplicativo CCSM). O melhor de tudo é que nas configurações do XFCE você pode definir qual o gerenciador de janelas quer usar (Xfwm ou Compiz), acessando a opção Configurações de Desktop (Desktop Settings).
xfce_mintdesktop

Linux Mint Xfce 17.1 Rebecca também inclui suporte de Blu-Ray para Xfburn e algumas personalizações/melhorias para Whisker Menu. A nova versão também inclui todas as melhorias adicionadas na versão com Cinnamon e Mate, como o novo gerenciador de línguas unificado e a nova versão do gerenciador de atualização (Update Manager) e etc.

Conheça melhor a distribuição Linux Mint

Para saber mais sobre a distribuição Linux Mint, clique nesse link.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Linux Mint 17.1 Xfce

A imagem ISO do Linux Mint 17.1 Xfce já pode ser baixada acessando o link abaixo:
Linux Mint 17.1 Xfce
Ou se preferir, acesse os links abaixo diretamente:
Linux Mint 17.1 Xfce (32-bit)
Linux Mint 17.1 Xfce (64-bit)

Como gravar a imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial:
Como gravar uma imagem ISO

Via lffl linux freedom

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje




blog comments powered by Disqus