Monte Google Drive no Linux com o google-drive-ocamlfuse

Está com dificuldades para usar o Google Drive no Linux? Então aqui está mais uma alternativa para gerenciar facilmente seus arquivos no serviço usando Linux:  google-drive-ocamlfuse.


Já tem bastante tempo desde que o Google anunciou seu serviço de armazenamento e sincronização de arquivos chamado Drive, e até agora ainda não há um cliente oficial do Linux.

Existem alguns clientes não oficiais, mas eles não são perfeitos: Insync não é livre, overGrive é pago e o Grive só funciona em linha de comando e seu desenvolvimento parece ter parado.


Veja também


Monte Google Drive no Linux com o google-drive-ocamlfuse



Uma boa opção é o google-drive-ocamlfuse, um backend do sistema de arquivos FUSE para o Google Drive, que você pode usar para montar o seu Google Drive no Linux.

Entre as características do google-drive-ocamlfuse estão o suporte completo de leitura/gravação para arquivos e pastas regulares, suporte para múltiplas contas, manipulação de arquivos duplicados, bem como acesso ao diretório de lixo do Google Drive.

O programa também fornece acesso somente leitura para o Google Docs, planilhas e Slides, que podem ser convertidos para ODT, ODS ou PDF. 

Ele ainda está em testes e por isso, enquanto ele pode funcionar muito bem, você pode encontrar bugs. Também vale a pena mencionar que as mudanças não aparecem imediatamente – quando você editar ou enviar um novo arquivo, pode demorar 60 segundos (isso é configurável) até que as alterações aparecem no sistema de arquivos montado.

Já se os arquivos adicionados recentemente não aparecem no gerenciador de arquivos, digite a pasta novamente ou atualize ela (Ctrl + F).

O aplicativo foi atualizado recentemente e por isso, esse tutorial está sendo republicado com os links atualizados.

Conheça melhor o google-drive-ocamlfuse

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

 o google-drive-ocamlfuse no Ubuntu e derivados

Para instalar o google-drive-ocamlfuse no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

sudo add-apt-repository ppa:alessandro-strada/ppa

Passo 3. Atualize o Apt digitando o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Para instalar o aplicativo, use este comando:

sudo apt-get install google-drive-ocamlfuse

Como instalar o google-drive-ocamlfuse manualmente ou em outras distros

Se não quiser adicionar o repositório ou quer tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar o arquivo DEB do programa nesse link e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele).
Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de , você não receberá nenhuma atualização do programa.

Usando o google-drive-ocamlfuse

Para autorizar o google--ocamlfuse com o Google,faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Execute o seguinte comando no terminal:

google-drive-ocamlfuse

Passo 2. Isso deve abrir uma aba no navegador da web padrão. Se não estiver logado em sua conta Google, entre com seu e-mail e senha para fazer login e então você verá uma tela  pedindo autorização para que o google-unidade-ocamlfuse acesse o seu Google Drive. Para autorizar, clique em “Permitir”;
Monte Google Drive no Linux com o google-drive-ocamlfusePasso 3. Se aparece a tela falando de gdfuse OAuth2 Endpoint, clique no botão “Allow” para autorizar;
Monte Google Drive no Linux com o google-drive-ocamlfuse
Passo 4. Agora vamos montar o Google Drive. Crie uma pasta no seu diretório home, chamada “gdrive”. Para isso, use esse comando:

mkdir ~/gdrive

Passo 5. E agora monte o Google Drive, usando o comando abaixo:

google-drive-ocamlfuse ~/gdrive

Passo 6. Imediatamente será aberta uma janela do navegador padrão, pedindo a autorização para ter acesso off-line ao Google Drive. Clique no botão “Permitir”;
Monte Google Drive no Linux com o google-drive-ocamlfuse
Pronto! Agora já está tudo funcionando. Se você quiser configurar o intervalo entre as consultas para detectar alterações no lado do servidor, o formato de exportação utilizado para documentos do Google e assim por diante, consulte o arquivo de configuração usando o comando abaixo:

gedit ~/.gdfuse/default/config

Monte Google Drive no Linux com o google-drive-ocamlfuse

Desinstalando o google-unidade-ocamlfuse no Ubuntu e derivados

Para desinstalar o google-unidade-ocamlfuse no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando os comandos abaixo;

sudo add-apt-repository ppa:alessandro-strada/ppa --remove
sudo apt-get remove google-drive-ocamlfuse
sudo apt-get autoremove

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus