Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10 [atualizado]

Quer ficar por dentro de tudo que virá com a próxima versão do sistema da Canonical? confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10.

Se você quer ficar por dentro de tudo que virá com a próxima versão do sistema da Canonical, confira as principais novidades do futuro Ubuntu .


O Ubuntu 17.10 está cada dia mais perto de ser lançado e muita coisa ainda pode mudar nele. Mesmo não sendo uma versão LTS, essa versão será um marco na história do sistema por causa da quebra do padrão usado atualmente e das diversas melhorias que ele traz.

Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10
Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10

Enquanto isso, esse artigo irá acompanhar tudo que será colocado no sistema, para que você conheça os detalhes antes de o sistema.

Mais sobre o Ubuntu 17.10

Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10

O Ubuntu 17.10 chegará ao público cheio de novidades em 19 de outubro de 2017, e a seguir, você confere as principais novidades desse lançamento.

GNOME será o ambiente Padrão

Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10

O principal destaque do Ubuntu 17.10 será a mudança do ambiente padrão do sistema: sai o Unity, entra o Gnome Shell. Para facilitar a adaptação dos usuários do Unity, a Canonical tem trabalhado para minimizar as diferenças entres os dois ambientes. E tudo indica que até o lançamento da versão final do sistema, mais alguns ajustes nesse sentido irão aparecer.

O Unity tem sido o desktop padrão do Ubuntu desde 2011. Mas recentemente a Canonical optou mudar para o GNOME Shell. Agora, essa mudança já está começando a ser implementada e pode ser vista nas imagens ISO diárias, fornecidas pelo projeto.

GNOME 3.26

Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10

O Ubuntu 17.10 Beta 2 será fornecido com a última versão do GNOME, o 3.26 .

Mas enquanto o GNOME 3.26 apresenta um amplo conjunto de mudanças, nem todos eles estarão incluídos na “Sessão Ubuntu” , é usada no Ubuntu 17.10.

Então, para usar o GNOME Shell como previsto, você pode instalar o gnome-session a partir do aplicativo Ubuntu Software. Depois, basta fazer o login, selecionando a sessão ‘GNOME’ no menu na tela de login e pronto.

Novos aplicativos

Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10

Há muitas mudanças na linha de aplicativos padrão no Ubuntu 17.10, e mesmo a aplicação web Amazon Amazon sobreviveu à transição.

O Xterm (considerado por muitos um app supérfluo) foi removido da imagem padrão e Rhythmbox tem um novo visual simplificado. Há, como seria de esperar, versões atualizadas do LibreOffice, Firefox, Thunderbird e Shotwell incluídas também.

Uma tela de login melhor

Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10
Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10

O Ubuntu não adotou apenas o Gnome Display Manager, eles também o personalizaram e lhe forneceram o toque Canonical completo com o tema ambiance e botões de ação alaranjados. Ou seja, além de um novo ambiente, teremos uma nova tela de login.

Contudo, embora você possa alterar facilmente a imagem de fundo da tela de bloqueio, não dá para dizer o mesmo para a nova tela de login.

Suporte para Captive portal

De acordo com a Wikipédia, um Captive portal é “… uma página web que o usuário de uma rede de acesso público é obrigado a visualizar e interagir antes do acesso ser concedido”.

“Ao digitar o endereço de qualquer site no navegador o usuário é interceptado pelo sistema do captive portal e redirecionado para uma interface que solicita a autenticação.”

Os portais cativos são mais comumente encontrados em hotspots públicos Wi-Fi, como os oferecidos em cafés, aeroportos, lobbies de hotéis e assim por diante.

O plano do Ubuntu é adicionar uma opção de ligar/desligar para verificação de conectividade no Centro de Controle do GNOME, para verificar a conexão (e isto envolve o envio de um URL).

Wayland será o servidor de exibição padrão

Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10

É isso mesmo: o Wayland será o servidor de exibição padrão no Ubuntu 17.10. Na verdade, este era o plano desde o início, mas os desenvolvedores da Canonical ainda tinham dúvidas em adotar o Wayland como o padrão no lugar do Xorg. Will Cooke, líder da equipe do Ubuntu Desktop, chegou até mesmo a afirmar que o “Wayland ainda não estava pronto”. Mas agora, isso mudou e ele será o padrão na próxima versão do Ubuntu.

Essa mudança também beneficiará a próxima série com suporte de longo prazo do Ubuntu, a 18.04 LTS. Como essa implementação será testada mais amplamente pela comunidade em diversos cenários, isso deixrá tudo ainda mais estável, além de, claro, ajudar a acelerar a adoção do Wayland, como o padrão por outras distribuições Linux.

Botões de controle de janela voltarão para a direita

Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10

No ano de 2010, a Canonical moveu os botões de controle de janela do Ubuntu (minimizar, maximizar e fechar) do lado direito, para o lado esquerdo das barras de título da janela. Segundo a empresa, isso deveria promover uma “inovação” que nunca aconteceu. Agora, que a Canonical desistiu do Unity, os botões da janela do Ubuntu estão voltando para o lado direito.

Tradicionalmente, boa parte dos desktops Linux usavam botões de barra de título de janela no lado direito da janela, como no Windows. Em 2010, o fundador da Ubuntu Mark Shuttleworth, decidiu que isso deveria mudar e os botões passariam a ficar no lado esquerdo da barra de título da janela, como no sistema dos Macs.

Na verdade, os desenvolvedores do Ubuntu querem minimizar as mudanças que eles têm para fazer para o GNOME, e por uma boa razão. Quaisquer grandes mudanças significam um trabalho mais contínuo para esses desenvolvedores, pois eles terão que corrigir suas alterações sempre que tiver atualizações do GNOME.

Seria loucura fazer isso por conta própria por muito tempo e sempre fez mais sentido para o Ubuntu acompanhar o fluxo e ficar com o que o GNOME e o resto do mundo de desktop Linux está fazendo. E quando Canonical decidiu abandonar o Unity e mudar para o GNOME, essa decisão se tornou inevitável.

Ubuntu Dock

Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10

Sim, a Canonical está criando um fork da Dash to Dock, a popular extensão GNOME, para uso no desktop Ubuntu 17.10. O projeto ainda está começando e é chamado de Ubuntu Dock. Sem surpresa alguma, existem algumas diferenças importantes da versão padrão da Dash to Dock.

O novo projeto será uma personalização dessa extensão, para atender aos usuários do Unity e ajudará na migração destes, para o novo ambiente do sistema, o Gnome Shell.

Melhor suporte para alto falantes Bluetooth

Confira as principais novidades do futuro Ubuntu 17.10

Outra boa novidade, é que a versão 17.10 tornará mais fácil usar alto-falantes Bluetooth no Ubuntu, pois quando o usuário conectar um dispositivo desses, o sistema alternará automaticamente a saída de som para esse dispositivo. Sim, o Ubuntu 17.10 tornará muito mais fácil usar alto-falantes Bluetooth. Será uma pequena mudança, mas uma grande melhoria para a usabilidade geral do Ubuntu.

Enquanto a maioria dos alto-falantes Bluetooth, fones de ouvido e dispositivos de áudio USB já funcionem bem no Ubuntu, normalmente, você precisa mergulhar nas configurações de som do sistema e selecionar o dispositivo para a saída de áudio.

Com essa melhoria, o Ubuntu alternará automaticamente a saída de som para Bluetooth, quando você conectar um alto-falante Bluetooth, soundbar ou fone de ouvido. Ao conectar de um dispositivo de áudio USB compatível, o sistema também alternará automaticamente a saída de som para esse dispositivo.

E as outras do futuro Ubuntu 17.10?

Gostou das novidades? Ainda tem mais. Esse artigo continuará sendo atualizado e republicado, para deixar você por dentro de tudo que virá no Ubuntu 17.10, que será lançado em outubro. Confira abaixo o cronograma do lançamento, e fique de olho nas novidades, e no site.

Cronograma de lançamento do Ubuntu 17.10 Artful Aardvark

Ubuntu 17.10 Alpha 1 – 29 de junho de 2017
Ubuntu 17.10 Alpha 2 – 27 de julho de 2017
Ubuntu 17.10 Beta 1 – 31 de agosto de 2017
Ubuntu 17.10 Beta 2 (final) – 28 de setembro de 2017
Ubuntu 17.10 Release Candidate – 12 de outubro de 2017
Ubuntu 17.10 versão final – 19 de outubro de 2017

Mais sobre o Ubuntu 17.10

Fonte

O que está sendo falado no blog nos últimos dias

No Post found.


No Post found.



blog comments powered by Disqus