Como reparar um pendrive corrompido ou defeituoso no Linux

Todo mundo tem um pendrive. Mas as vezes, eles podem ficar corrompidos ou deixar de funcionar. Por isso, nesse tutorial você verá como reparar um pendrive corrompido ou defeituoso no Linux.


As unidades flash USB são dispositivos úteis. Eles tornam mais fácil para as pessoas transferirem dados de um computador para o outro, independentemente do sistema operacional que está sendo executado.

Como reparar um pendrive corrompido ou defeituoso no Linux


Veja também


É por isso que é tão importante saber o que fazer quando um dispositivo desses não está mais acessível. Felizmente, o Linux vem com algumas ferramentas realmente úteis que tornam a recuperação de um pendrive corrompido ou defeituoso bastante fácil.



Como reparar um pendrive corrompido ou defeituoso no Linux

Para reparar um pendrive corrompido ou defeituoso no Linux você não precisa instalar nada, basta usar as ferramentas nativas do sistema. Confira abaixo como fazer isso:

Descobrindo em qual unidade do sistema o pendrive está

Antes de começar a fazer qualquer coisa, é preciso descobrir em qual unidade do sistema o pendrive está. Para isso, abra um terminal e execute o seguinte comando:

lsblk

Como reparar um pendrive corrompido ou defeituoso no Linux

Isso irá listar todos os discos conectados em seu sistema. Atente para o fato de que o comando lsblk lista todos os discos, não apenas drives USB. Preste muita atenção à saída, pois é fácil confundir um disco rígido com uma unidade flash.

Removendo blocos defeituosos da unidade USB com fsck

Uma maneira fácil de reparar uma unidade flash, ou qualquer unidade, é usar a ferramenta fsck. Esta ferramenta é excelente para remover blocos ruins de arquivos (bad blocks), já que a maioria dos casos de corrupção (se não todos) e ilegibilidade vem de problemas como esse.

Para remover os blocos de arquivos corrompidos da unidade flash USB, abra uma janela de terminal e digite o comando abaixo, ajustando a parte /dev/sdc1 para o que foi encontrado no seu sistema.

sudo fsck /dev/sdc1

Como reparar um pendrive corrompido ou defeituoso no Linux

Para remover o bloco de arquivo incorreto, execute o comando fsck em uma partição específica (por exemplo, /dev/sdc1) ou em todo o disco (por exemplo, /dev/sdc).

Uma vez concluído, a unidade USB terá uma partição saudável novamente e estará totalmente operacional no Linux.

Como zerar a unidade USB

Às vezes, uma unidade USB pode ser totalmente ilegível para o ponto onde já não vale a pena salvar. Quando isso acontece a melhor rota é muitas vezes apenas zerar os dados e começar de novo.

A melhor ferramenta para o trabalho nesta situação é o dd, e ela funciona muito bem.

Sabendo qual é a unidade, abra um terminal e execute o seguibnte comando (sempre lembrando de ajustar a parte /dev/sdc para o que foi encontrado no seu sistema

sudo dd if=/dev/zero of=/dev/sdc

Como reparar um pendrive corrompido ou defeituoso no Linux

Criando um novo sistema de arquivos

Zerar uma unidade USB (ou qualquer dispositivo para esse assunto) torna os dados nele totalmente inúteis. Isso significa que você precisará criar uma nova partição de dados. Escolha um sistema de arquivos e, em seguida, execute um dos comandos abaixo (de acordo com a sua necessidade).

Fat32 (para usar em Windows e Linux)

sudo mkfs.msdos -f 2 /dev/sdc1

title="Como

NTFS (para usar em Windows e Linux)

sudo mkfs.ntfs -f /dev/sdc1

Ext4 (para usar apenas em Linux)

sudo mkfs.ext4 -f /dev/sdc1

Por fim, certifique-se de que as alterações sejam sincronizadas com o pendrive antes de removê-lo:

sync

Pronto! Agora que seu pendrive já está recuperado, comece a usá-lo e aproveite as facilidades que ele oferece!

Se você teve alguma dificuldade ou sabe de alguma dica relacionada ao assunto acima, escreva um comentário e ajude a melhorar esse texto. E não esqueça de compartilhar também, ok?

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus