Ubuntu 17.10 abandona o Unity e instala o GNOME Shell

Em novas imagens disponibilizadas pela Canonical, o Ubuntu 17.10 abandona o e instala o GNOME Shell. Confira os detalhes e saiba o que vem por aí.


O Ubuntu 17.10 será fornecido com o GNOME Shell como o ambiente de trabalho padrão no lugar do Unity da Canonical, e a mudança já começou.
Ubuntu 17.10 abandona o Unity e instala o GNOME Shell
Ubuntu 17.10 abandona o Unity e instala o GNOME Shell

O Unity tem sido o desktop padrão do Ubuntu desde 2011. Mas recentemente a Canonical optou mudar para o GNOME Shell. Agora, essa mudança já está começando a ser implementada e os pacotes relacionados ao ambiente foram removidos das “sementes” usadas para criar o Ubuntu 17.10.

Ubuntu 17.10 abandona o Unity e instala o GNOME Shell

A mudança pode ser confirmado na atualização mais recente do pacote ubuntu-meta, que descarta o ambiente Unity (e as partes relacionadas) da lista de coisas a serem instaladas, e adiciona no GNOME Shell (e partes associadas) em seu lugar.

Outros pacotes e recursos retirados do meta-pacote (e, portanto, não serão instalados por padrão nas compilações de imagens com este pacote) incluem o sistema de notificação do Ubuntu Notify-OSD-blub. Ou seja, o sistema perderá essas bolhas de notificação camaleônicas, as barras de rolagem de sobreposição e o centro de controle Unity, que é um fork do centro de controle GNOME.

Se você já estiver usando um das versões diárias do Ubuntu 17.10, poderá esta atualização nos próximos dias. Mas não se preocupe, o Unity não será desinstalado do seu sistema, apenas os novos pacotes GNOME serão instalados ao lado deles.

Entretanto, as compilações diárias do Ubuntu 17.10, construídas a partir do novo meta-pacote, não conterão o Unity.

É o Fim?

Não, não é o fim. Embora o Ubuntu 17.10 não inclua o ambiente Unity por padrão, não há motivos para desespero (para os que gostam dele). Unity 7 continua a ser o ambiente de trabalho padrão no Ubuntu 16.04 LTS, que será suportado até a próxima década.

Além disso, o Unity 7 ainda estará disponível para ser instalado no Ubuntu 17.10 (e Unity 8 em smartphones), a partir dos principais reportórios do Ubuntu. Por isso, fique tranquilo e de olho no desenrolar dos próximos acontecimentos, que muita coisa pode acontecer ainda.

O que está sendo falado no blog nos últimos dias





blog comments powered by Disqus