Como instalar a última versão do GIMP no Ubuntu e seus derivados

Foi lançada mais uma versão do GIMP, o mais famoso editor de imagens de código aberto. Se você já usa ou quer experimentar, veja aqui como instalar a última versão do GIMP no Ubuntu e seus derivados.


GIMP ou GNU Image Manipulation Program. O programa é expansível através de plugins e distribuído gratuitamente para ser usado em tarefas como retoque de fotos, composição de imagem e criação de imagem. GIMP funciona em vários sistemas operacionais, e é traduzido em muitas línguas.

Como instalar a última versão do GIMP no Ubuntu e seus derivados

Mesmo tendo muitos recursos, o Gimp pode ser usado como um simples programa de pintura, um programa de retoque de fotos especialista em qualidade, um sistema de processamento em lote on-line, um processador de imagem de produção em massa ou até como um conversor de formato de imagem, além de diversas outras tarefas.

Novidades da mais recente versão do GIMP

Destaques da versão do GIMP 2.8.22:

  • Melhoria no desempenho de desenho no modo de janela única, especialmente com temas de pixmap;
  • Corrigir o bug CVE no plug-in do ICO, que permitiu que os invasores dependentes do contexto causassem uma negação de serviço (falha) através de um arquivo ICO com um InfoHeader contendo uma Altura de zero;
  • Agora o programa evita criar estrutura de grupo de camada errada ao importar arquivos PSD;
  • Corrigida uma falha no plug-in PDF que acontecia se as imagens ou a resolução forem grandes;
  • Para evitar uma falha de segmentação, o aplicativo não fica mais analisando arquivos PCX inválidos com antecedência;
  • Correções para Mac OS, atualizações de tradução e correções de compilação.

Para mais detalhes sobre essa versão acesso o changelog.

Conheça melhor o GIMP

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar a última versão do GIMP no Ubuntu e seus derivados

GIMP está disponível nos repositórios oficiais de algumas versões do Ubuntu, no entanto, não é a versão mais recente. Por isso, para ter a última versão desse programa no Ubuntu, e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

sudo add-apt-repository ppa:otto-kesselgulasch/gimp

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install gimp

Como instalar a última versão do GIMP manualmente ou em outras distros

Para aqueles que não conseguiu instalar com o procedimento acima, não querem adicionar o repositório ou querem tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar os arquivos DEB do programa nesse link e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele).

Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma atualização do programa.

É importante lembrar que o repositório usado nesse procedimento também oferece a mais recente versão do G’MIC para o GIMP (que inclui uma coleção de cerca de 400 filtros e efeitos de imagem) e também é recomendável instalar esse software. Para fazer isso, consulte esse outro tutorial:

Filtros e efeitos para imagens: instale e experimente G’MIC

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite gimp no Dash (ou em um terminal, seguido da tecla TAB).

Desinstalando o GIMP no Ubuntu e derivados

No caso de você encontrar problemas e você quiser voltar para a versão do GIMP disponível nos repositórios Ubuntu, você pode limpar o PPA usando o aplicativo ppa-purge.
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Para instalar ppa-purge e purgar Otto’s GIMP PPA, use os comandos abaixo;

sudo apt install ppa-purge
sudo ppa-purge ppa:otto-kesselgulasch/gimp
sudo apt-get autoremove

Fonte

O que está sendo falado no blog nos últimos dias




blog comments powered by Disqus