Como instalar a última versão do GIMP no Ubuntu e seus derivados

Foi lançada mais uma versão do GIMP, o mais famoso editor de imagens de código aberto. Se você já usa ou quer experimentar, veja aqui como instalar a última versão do GIMP no Ubuntu e seus derivados.


GIMP ou GNU Image Manipulation Program. O programa é expansível através de plugins e distribuído gratuitamente para ser usado em tarefas como retoque de fotos, composição de imagem e criação de imagem. GIMP funciona em vários sistemas operacionais, e é traduzido em muitas línguas.

Como instalar a última versão do GIMP no Ubuntu e seus derivados

Mesmo tendo muitos recursos, o Gimp pode ser usado como um simples programa de pintura, um programa de retoque de fotos especialista em qualidade, um sistema de processamento em lote on-line, um processador de imagem de produção em massa ou até como um conversor de formato de imagem, além de diversas outras tarefas.

O aplicativo foi atualizado recentemente e por isso, esse tutorial está sendo republicado com os links atualizados.

Conheça melhor o GIMP

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar a última versão do GIMP no Ubuntu e seus derivados

GIMP está disponível nos repositórios oficiais de algumas versões do Ubuntu, no entanto, não é a versão mais recente. Por isso, para ter a última versão desse programa no Ubuntu, e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

sudo add-apt-repository ppa:otto-kesselgulasch/gimp

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install gimp

Como instalar a última versão do GIMP manualmente ou em outras distros

Para aqueles que não conseguiu instalar com o procedimento acima, não querem adicionar o repositório ou querem tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar os arquivos DEB do programa nesse link e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele).

Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma atualização do programa.

É importante lembrar que o repositório usado nesse procedimento também oferece a mais recente versão do G’MIC para o GIMP (que inclui uma coleção de cerca de 400 filtros e efeitos de imagem) e também é recomendável instalar esse software. Para fazer isso, consulte esse outro tutorial:

Filtros e efeitos para imagens: instale e experimente G’MIC

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite gimp no Dash (ou em um terminal, seguido da tecla TAB).

Desinstalando o GIMP no Ubuntu e derivados

No caso de você encontrar problemas e você quiser voltar para a versão do GIMP disponível nos repositórios Ubuntu, você pode limpar o PPA usando o aplicativo ppa-purge.
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Para instalar ppa-purge e purgar Otto’s GIMP PPA, use os comandos abaixo;

sudo apt install ppa-purge
sudo ppa-purge ppa:otto-kesselgulasch/gimp
sudo apt-get autoremove

Fonte

O que está sendo falado no blog nos últimos dias




blog comments powered by Disqus