Versão RC1 do openSUSE 13.2 já está disponível para download

Kostas Koudaras anunciou o lançamento do primeiro Release Candidate do openSUSE 13.2. Conheça as novidades, baixe e experimente.
openSUSE 13.2
Faltando poucos dias para a liberação da versão final do openSUSE 13.2, já é possível instalar ou melhor ainda, testar o novo openSUSE 13.2, através do release candidate que foi disponibilizado.

A nova e esperada versão do openSUSE trará o Btrfs como sistema de arquivos padrão e outras mudanças importantes. Observe que, juntamente com o Btrfs como sistema de arquivos padrão, também virá pré-instalada a última versão do Snapper, um software importante para criar e restaurar snapshots do sistema operacional.


Veja também


O openSUSE 13.2 RC1 traz consigo o novo instalador gráfico (que também pode ser testado com a versão de rolling release do openSUSE Factory) e inúmeras atualizações do Linux Kernel 3.16.



Entre as muitas atualizações que estão incluídas no openSUSE 13.2 RC1, estão o GNOME 3.14, que traz consigo novas animações, melhorias na gestão de hotspots Wi-Fi, melhorias em algumas aplicações, tais como Gnome tempo e fotos, além do novo Firefox 32. Também foi ataulizado o KDE SC 4.14.1 e Plymouth 0.9.0, conforme relatado pelas notas de lançamento disponíveis nesta página.

Conheça melhor o openSUSE

Para saber mais sobre essa distribuição, clique nesse link.

Baixe e experimente o openSUSE 13.2 RC1

A imagem ISO do openSUSE 13.2 RC1 já disponível no servidor oficial do openSUSE. Para baixar, acesse o link abaixo
openSUSE 13.2 RC1

Via lffl linux freedom

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus