Como instalar a versão mais recente do VirtualBox no Linux



Se você usa o virtualizador desktop da Oracle e quer estar sempre com as últimas funcionalidades a sua disposição, veja nesse tutorial como instalar a versão mais recente do VirtualBox no Linux.


VirtualBox é o software de virtualização x86 e AMD64/Intel64 da Oracle. Ele pode ser usado por usuários empresariais e domésticos, e roda como hospedeiro em , Linux, Macintosh e Solaris, suportando um grande número de sistemas operacionais convidados, incluindo mas não limitado ao (NT 4.0, 2000, XP, Server 2003, Vista, 7, 8), DOS/ 3.x, Linux (séries 2.4, 2.6 e 3.x), Solaris e OpenSolaris, OS/2 e OpenBSD.

Como instalar a versão mais recente do VirtualBox no Linux

Além disso, o programa também é a única solução profissional de alto desempenho que está disponível gratuitamente como software de código aberto sob os termos da GNU General Public License (GPL) versão 2.
O aplicativo foi atualizado recentemente e por isso, esse tutorial está sendo republicado com os links atualizados.

Nesse tutorial, você verá como instalar a versão mais recente do Virtualbox no Linux, pois embora não seja garantido, o procedimento abaixo deverá funcionar na maioria das distribuições Linux.

O aplicativo foi atualizado recentemente e por isso, esse tutorial está sendo republicado com os links atualizados.

Novidades da mais recente versão do VirtualBox

VirtualBox 5.1.24 traz as seguintes novidades:

Suporte de paravirtualização para convidados do Windows e Linux: melhora significativamente o desempenho do SO convidado, alavancando o suporte de virtualização embutido em sistemas operacionais como o Oracle Linux 7 e o Microsoft Windows 7 e mais novos.

Melhoria da utilização da CPU: expõe um conjunto mais amplo de instruções da CPU ao sistema operacional convidado, permitindo que os aplicativos façam uso dos mais recentes conjuntos de instruções de hardware para o máximo desempenho.

Suporte de dispositivos USB 3.0: sistemas operacionais convidados podem reconhecer diretamente dispositivos USB 3.0 e operar a velocidades completas de 3.0. O SO convidado pode ser configurado para suportar o USB 1.1, 2.0 e 3.0.

Suporte bidireccional de arrastar e soltar para Windows: Em todas as plataformas host, os clientes Windows, Linux e Oracle Solaris agora suportam “arrastar e soltar” de conteúdo entre o host e o convidado. O recurso de arrastar e soltar permite a cópia ou abertura transparente de arquivos, diretórios e muito mais.

Criptografia de imagem de disco: os dados podem ser criptografados em imagens de disco rígido virtuais de forma transparente durante o tempo de execução, usando o algoritmo AES padrão da indústria com chaves de criptografia de dados de até 256 bits (DEK). Isso ajuda a garantir que os dados sejam seguros e criptografados em todos os momentos, se a VM está hospedada sem ser usada em uma máquina ou servidor do desenvolvedor ou ativamente em uso.

Para saber mais detalhes sobre a versão mais recente do VirtualBox, clique nesse link.

Conheça melhor o VirtualBox

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Deixando sua VM VirtualBox mais completa

Depois de fazer o procedimento de instalação do VirtualBox, se você quiser ver como instalar os Adicionais para Convidado no VirtualBox, assista esse vídeo:




Ou veja mais detalhes sobre como usar o programa:


Como instalar a versão mais recente do VirtualBox no Linux

Para instalar a versão mais recente do VirtualBox no Linux, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se você estiver usando um sistema de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página (opção “All distributions”) e baixe a última versão e salve-o com o nome virtualbox.run:

wget http://download.virtualbox.org/virtualbox/5.1.24/VirtualBox-5.1.24-117012-Linux_x86.run -O virtualbox.run

Passo 4. Se você estiver usando um sistema de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página (opção “All distributions”) e baixe a última versão e salve-o com o nome virtualbox.run:

wget http://download.virtualbox.org/virtualbox/5.1.24/VirtualBox-5.1.24-117012-Linux_amd64.run -O virtualbox.run

Passo 5. Torne o arquivo executável com o comando abaixo;

chmod +x virtualbox.run

Passo 6. Inicie a instalação do programa, com o seguinte comando;

sudo ./virtualbox.run

Passo 7. Siga os passos do instalador e se necessário, responda as questões feitas por ele, que em pouco tempo o programa estará instalado e pronto para ser usado.
Passo 8. Se depois você precisar desinstalar programa, use o seguint comando:

sudo sh /opt/VirtualBox/uninstall.sh

Instalando a versão mais recente do VirtualBox no Linux Ubuntu, Debian e derivados

Para instalar a versão mais recente do VirtualBox no Linux Ubuntu, Debian e derivados e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do aplicativo, usando o seguinte comando (para Linux Mint, substitua o “$(lsb_release -cs)” no código pelo codinome do lançamento do Ubuntu que ele se baseia, como trusty, precise, raring e etc):

sudo sh -c 'echo "deb http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian $(lsb_release -cs) contrib" >> /etc/apt/sources.list.d/virtualbox.list'

Passo 3. Agora instale a chave do repositório usando o seguinte comando:

wget -q https://www.virtualbox.org/download/oracle_vbox_2016.asc -O- | sudo apt-key add -
wget -q https://www.virtualbox.org/download/oracle_vbox.asc -O- | sudo apt-key add -

Passo 4. Atualize o Apt digitando o comando:

sudo apt-get update

Passo 5. A versão 5.1 conflita com versões anteriores, por isso, se estiver usando uma delas, desinstale-as com esse comando;

sudo apt remove virtualbox virtualbox-5.0 virtualbox-4.*

Passo 6. Agora instale o programa com o comando:

sudo apt-get install virtualbox-5.1

Passo 7. Se depois você precisar desinstalar, use o comando abaixo:

sudo apt-get remove virtualbox-5.1

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite virtualbox em um terminal, seguido da tecla TAB.

Já se a sua distribuição suportar, use um atalho para iniciar o programa. Se quiser, você também pode usar o gerenciador de arquivo para executar o programa, apenas clicando em seu ícone, dentro da pasta dele.

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br/author/edivaldo/



blog comments powered by Disqus