Descubra como instalar o WhatsApp Desktop no Linux

Se você quer usar o WhatsApp no seu sistema, sem ficar preso a um navegador, conheça e veja como instalar o WhatsApp Desktop no Linux.


O WhatsApp Desktop é um cliente de desktop WhatsApp não oficial de código aberto para Linux construído com o Framawork Electron, que é um conteiner de serviços web. Ou seja, ele é uma janela de navegador autônoma que usa o WhatsApp Web.

Descubra como instalar o WhatsApp Desktop no Linux
Descubra como instalar o WhatsApp Desktop no Linux

O programa oferece todas as características que seus clientes contemporâneos fazem, incluindo notificações de desktop nativas e suporte para atalhos com teclado, bem como opções extras, por exemplo, suporte para a folha de estilo CSS personalizada.

Como ele é construído com o Electron (que é famoso por usar muita memória), algumas pessoas simplesmente ficarão usando a WhatsApp Web. Mas mesmo que os aplicativos baseados no Electron não sejam de sua preferência, como você saberá se você gosta do aplicativo, se não o experimentar?

Principais características do WhatsApp Desktop:

  • Suporte para notificações de desktop nativas;
  • Ícone do emblema com contagem de notificações na dock/barra de tarefas;
  • Animação: o ícone da dock salta na entrada de uma nova mensagem;
  • Ícone da bandeja do sistema;
  • Abre links no navegador;
  • Executa automáticamente no logon, juntamente com a opção para começar a minimizar o ícone da bandeja;
  • Suporte para folhas de estilo CSS personalizadas;
  • Acesso à informação do telefone, ou seja, estado da bateria, versão do software, etc;
  • Pesquise (com um contato em foco) através de CTRL+F ou CMD+F;
  • Personalização: inclui opções de alternância e configurações;
  • Possui opção para definir a visibilidade do avatar;
  • Possui opção para visualizar a visibilidade da mensagem;

Conheça melhor o WhatsApp Desktop

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar o WhatsApp Desktop no Linux Ubuntu, Debian e derivados

WhatsApp Desktop está disponível para Linux nos formatos DEB e tar.gz (multi distribuição), e para instalar ele nos sistemas que suportam esses formatos, use um dos procedimentos abaixo.

Como instalar o WhatsApp Desktop no Linux Ubuntu, Debian e derivados

Quem quiser instalar o WhatsApp Desktop no Linux Ubuntu, Debian e outros sistemas que suportam arquivos .deb, deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome whatsapp.deb:

wget https://github.com/Enrico204/Whatsapp-Desktop/releases/download/v0.3.12/whatsapp-desktop_0.3.12-1_amd64.deb -O whatsapp.deb

Passo 4. Agora o programa com os comandos abaixo:

sudo dpkg -i whatsapp.deb
sudo apt-get install -f

Passo 5. Se preferir, use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt install ./whatsapp.deb

Passo 6. Depois, se precisar desinstalar o programa, use esse comando:

sudo apt-get remove whatsapp-desktop*

Como instalar o WhatsApp Desktop no Linux manualmente

Para instalar o WhatsApp Desktop no Linux manualmente, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Caso já tenha feito alguma instalação manual, apague a pasta, o link e o atalho anterior com esse comando;

sudo rm -Rf /opt/whatsapp*
sudo rm -Rf /usr/bin/whatsapp
sudo rm -Rf /usr/share/applications/whatsapp.desktop

Passo 3. Confira se o seu sistema é de 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome whatsapp.tar.bz2:

wget https://github.com/Enrico204/Whatsapp-Desktop/releases/download/v0.3.12/WhatsApp-linux-x64.tar.gz -O whatsapp.tar.gz

Passo 6. Use o comando a seguir para descompactar o arquivo baixado;

sudo tar vzxf whatsapp.tar.gz -C /opt/

Passo 7. Renomeie a pasta criada. Se ao executar o comando abaixo ocorrer um erro com a mensagem iniciando com “mv: é impossível sobrescrever o não-diretório”, pule este passo;

sudo mv /opt/WhatsApp*/ /opt/whatsapp

Passo 8. Finalmente, crie um atalho para facilitar a execução do programa;

sudo ln -sf /opt/whatsapp/ /usr/bin/whatsapp

Passo 9. Se seu ambiente gráfico atual suportar, crie um lançador para o programa, executando o comando abaixo;

echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=whatsapp\n Exec=/opt/whatsapp/WhatsApp\n Icon=/opt/whatsapp/resources/app/assets/icon/icon.png\n Type=Application\n Categories=Application' | sudo tee /usr/share/applications/whatsapp.desktop

Já se a sua distribuição suportar, coloque o atalho na sua área de trabalho usando o gerenciador de arquivos do sistema ou o comando abaixo, e use-o para iniciar o programa.

sudo chmod +x /usr/share/applications/programa.desktop
cp /usr/share/applications/programa.desktop  ~/Área\ de\ Trabalho/

Se seu sistema estiver em inglês, use este comando para copiar o atalho para sua área de trabalho:

cp /usr/share/applications/programa.desktop ~/Desktop

Para mais detalhes sobre essa tarefa, consulte esse tutorial:
Como adicionar atalhos de aplicativos na área de trabalho do Unity

Se quiser, você também pode usar o gerenciador de arquivos do sistema para executar o programa, apenas abrindo a pasta dele e clicando em seu executável.

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, use o atalho dele ou digite whatsapp em um terminal, seguido da tecla TAB.

Como remover o WhatsApp Desktop no Linux

Para remover o programa no Linux, basta apagar a pasta, o link e o atalho anterior com esse comando;

sudo rm -Rf /opt/whatsapp*
sudo rm -Rf /usr/bin/whatsapp
sudo rm -Rf /usr/share/applications/whatsapp.desktop

O que está sendo falado no blog nos últimos dias



Quer ficar por dentro de tudo que é publicado no Blog do Edivaldo? Pois isso é muito simples!
Basta curtir nossa página no Facebook, seguir o Blog no Twitter ou no Google+.
Se preferir, você também pode assinar o feed do site ou apenas baixar o app do Blog do Edivaldo no seu Smartphone, e ficar de olho!


Teve alguma dificuldade ou sabe de alguma dica relacionada ao assunto acima?
Então escreva um comentário e ajude a melhorar esse texto.
E claro, não esqueça de compartilhar também, clicando nos botões de compartilhamento!



blog comments powered by Disqus