Ardour 6.3 lançado com um novo recurso de análise de intensidade

E foi lançado o Ardour 6.3 com um novo recurso de análise de intensidade. Confira as novidades e veja como instalar no Linux.

O Ardour é uma aplicação de digital audio workstation, voltado para utilização profissional. Em resumo, o Ardour é um DAW livre desenvolvido sob licença GPL. Atualmente é suportado nas plataformas Linux, FreeBSD, Solaris, Mac OS X e Microsoft Windows.

Ou seja esse aplicativo é um projeto de código aberto, o resultado de um esforço de colaborativo de uma equipe mundial, que inclui músicos, programadores e engenheiros de gravação profissional.

Agora, o projeto lançou mais um atualização desse software, Ardour 6.3.

Novidades do Ardour 6.3

Ardour 6.3 lançado com um novo recurso de análise de intensidade

Ardour 6.3 é a segunda atualização de manutenção desde o lançamento da série principal do Ardour 6.0, e traz várias melhorias e alguns novos recursos. Sendo uma atualização de manutenção, Ardoud 6.3 vem com muitas melhorias.

O Ardoud 6.3 é o segundo lançamento pontual na série principal do Ardoud 6.0, ocorrendo dois meses após o Ardoud 6.2, pois não houve um lançamento do Ardoud 6.1.

A maior mudança no Ardour 6.3 é um novo recurso Loudness Analyzer & Normalizer projetado para normalizar o loudness analisando e calculando o Loudness (LUFS) de uma sessão ou seleção de intervalo e adicionando um estágio de ganho ao barramento mestre.

Ele também inclui uma “verificação de conformidade” para vários alvos de distribuição comuns, incluindo Amazon Music, Apple Music, Deezer, Digital Peak, YouTube, Spotify, SoundCloud e CD.

O recurso Loudness Analyzer & Normalizer pode ser acessado em Preferences> Mixer> Master.

Para usuários do Linux, o Ardour 6.3 apresenta código de medição otimizado para AVX, enquanto para plataformas ARM traz código de medição otimizado para Neon.

Ele também permite aos usuários expandir e contrair a altura da trilha clicando duas vezes no cabeçalho da trilha na visualização do Editor, que agora mostra apenas o nome da trilha para trilhas inativas.

Também há suporte para SoundTouch para alongamento de tempo vocal como uma opção de tempo de compilação, novos mapas de vinculação de MIDI para AKAI MPK249 e superfícies de controle Arturia Minilab Mk II, crossfade e plug-ins A/B, um novo tema escuro chamado Recbox.

Entre eles, há uma interface gráfica para definir a posição dos barramentos dobráveis ​​para pré-fader ou pós-fader, sendo o primeiro o padrão agora, a capacidade de redimensionar manualmente as colunas de nome e caminho na lista de fontes do editor e carregamento mais rápido de arquivos MIDI .

Além disso, o controlador deslizante foi atualizado para aceitar dB ao controlar o ganho, os parâmetros VST não automatizáveis ​​não estão mais incluídos na lista de parâmetros automatizáveis ​​e o Ardoud não salva mais automaticamente seu projeto ao importar um stream de vídeo.

Para saber mais sobre essa versão do Ardour, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o Ardour 6.3

Para instalar a versão mais recente do Ardour no Ubuntu Linux, use esse tutorial:
Como instalar o digital audio workstation Ardour no Linux via Flatpak
Como instalar o digital audio workstation Ardour no Ubuntu

Se você está se perguntando, não há versão disponível como pacotes Flatpak ou Snap. Sim, ele pode ser instalado a partir dos repositórios oficiais de muitas distribuições Linux, mas ainda levará alguns dias (ou mais) para que essa versão do Ardour apareça como uma atualização.

O que está sendo falado no blog

Categorias Arch, bodhi, CentOS, Debian, Deepin, Elementary, Fedora, Gentoo, Kali, Kylin, Linux, Linux Mint, Mageia, Manjaro, Notícias, Open Source, openSUSE, Pop!_OS, RedHat, Sabayon, Scientific, Software livre, Solus, SUSE, Tecnologia, Trisquel, Ubuntu, Zorin Tags 6.3, Ardour, atualização, correções, lançamento, melhorias, update
Sair da versão mobile