Chrome 80 lançado com 56 correções de segurança e mais

Confira as novidades do lançamento do Chrome 80 e veja como instalar no Linux!

E foi lançado o Chrome 80 lançado com 56 correções de segurança e mais. Confira as novidades desse update e veja como instalar no Linux.

O fato de que o Google Chrome ainda é o navegador mais usado no planeta o torna uma das mais importantes ferramentas de controle da web para o Google.

Chrome 80 lançado com 56 correções de segurança e mais
Chrome 80 lançado com 56 correções de segurança e mais

Uma prova disso é que sempre que a empresa quer “impor” uma regra (lembra do alerta para sites http?), o primeiro lugar em que ela parece é no Chrome.

Mas independente disso, o Chrome é o navegador do Google e também o navegador número um no mercado, com uma participação de mais de 65%, de acordo com dados de terceiros da NetMarketShare.

Agora, o Google lançou o Chrome 80 hoje, 4 de fevereiro de 2020, no canal Stable para desktops para plataformas Windows, macOS, Linux, Chrome OS, iOS e Android.

Novidades do Chrome 80

O Chrome 80 traz correções de bugs, novos recursos e 56 correções de segurança.

Estão incluídos novos recursos, como um novo sistema de classificação de cookies seguro por padrão, conteúdo misto atualizado automaticamente, fragmentos de URL de texto, ícones SVG e muito mais.

Alterações no Cookie SameSite

O destaque da versão do Google Chrome 80 é a imposição de um sistema de classificação de cookies seguro por padrão, desenvolvido para tratar cookies sem um valor SameSite Cookies SameSite=Lax.

Segundo o Google, somente cookies definidos como SameSite=None; Secure estarão disponíveis em contextos de terceiros, com a condição de ser acessado a partir de conexões seguras.

Essa alteração foi anunciada em maio de 2019, quando o Google também publicou orientações para desenvolvedores para proteger sites marcando cookies entre sites. Isso foi seguido por um lembrete subsequente com contexto adicional emitido em outubro de 2019.

O Firefox também implementou esse novo comportamento a partir da versão 69 e planeja torná-lo um comportamento padrão no futuro. A Microsoft também planeja alterar o comportamento padrão dos cookies, começando com o Edge 80.

De acordo com o projeto Chromium:

“Os comportamentos SameSite-by-default e SameSite=None-requires-Secure começarão a ser lançados no Chrome 80 Stable para uma população limitada inicial a partir da semana de 17 de fevereiro de 2020, excluindo o feriado do Dia do Presidente dos EUA na segunda-feira.”

Uma explicação detalhada sobre o que são as novas alterações no cookie SameSite está disponível no vídeo incorporado abaixo.

Conteúdo misto atualizado automaticamente

O Chrome 80 também atualiza automaticamente o conteúdo misto opcionalmente bloqueável (conteúdo HTTP nos sites HTTPS) reescrevendo automaticamente o URL para HTTPS, sem fornecer um fallback HTTP e bloqueando-os por padrão, se eles falharem ao carregar em https://.

Nesta versão, apenas o conteúdo de áudio e vídeo será atualizado, com o carregamento de imagens mistas. No entanto, eles serão marcados com um chip ‘Não Seguro’ na omnibox.

O Google diz que:

“Os desenvolvedores podem usar as diretivas de política de segurança de conteúdo com conteúdo inseguro para atualização ou bloquear todo o conteúdo misto para evitar esse aviso.”

Favoritos SVG e fragmentos de URL de texto

O Chrome 80 também adiciona suporte ao uso de imagens SVG escalonáveis ​​como ícones favoritos, o que deve reduzir o número de recursos necessários para um site ou aplicativo.

Por exemplo, os designers podem usar ícones ajustados à mão para tamanhos menores e um ícone SVG escalável para todos os outros tamanhos necessários no site.

A nova versão do Chrome também permite que autores e usuários vinculem a uma parte específica de uma página da Web adicionando um fragmento de texto da página ao URL do site.

Quando essa página é carregada no navegador, esse texto será destacado e o Chrome rolará automaticamente o fragmento para exibição.

Alterações nas ferramentas do desenvolvedor

O Chrome 80 também vem com uma seleção de alterações e melhorias do DevTools, incluindo, entre outras:

  • Suporte para redeclarações let e class;
  • Depuração aprimorada do WebAssembly;
  • Atualizações do painel de rede;
  • Solicitar cadeias de iniciador na guia Iniciador;
  • Colunas de URL e caminho no painel Rede;
  • Cadeias de User-Agent atualizadas;
  • Nova interface de configuração;
  • Modos de cobertura por função ou por bloco.

Com o Chrome 80 agora sendo promovido para o canal Stable, o Chrome 81 será em breve (13 de fevereiro) a versão Beta e o Chrome 82 será a versão Canary.

Uma lista completa de todas as correções de segurança desta versão está disponível no changelog do Chrome 80, enquanto as alterações do navegador Chromium para o Chrome 80 estão listadas nesse endereço.

Uma postagem detalhada do blog sobre o que há de novo nas ferramentas de desenvolvedor do Chrome 80 está disponível nesse endereço.

Confira abaixo uma apresentação em vídeo das alterações que o Chrome 80 traz para os desenvolvedores


Como instalar ou atualizar o Chrome 79

Os usuários de Android e iOS podem atualizar o Chrome em suas respectivas lojas de aplicativos.

Já os usuários de desktop Windows, Mac e Linux podem atualizar para o Chrome mais recente acessando Configurações -> Ajuda -> Sobre o Google Chrome e o navegador verificará automaticamente a nova atualização e a instalará se e quando disponível.

Ou para instalar a versão mais recente do Chrome nas principais distribuições Linux, use um desses tutoriais:
Google Chrome no Linux Ubuntu, Debian, Fedora, Arch e derivados – veja como instalar
Como instalar o Google Chrome no Fedora e derivados
Como instalar o Google Chrome no Ubuntu e derivados

O que está sendo falado no blog

No Post found.

Veja mais artigos publicados neste dia…