Chrome 90 Beta lançado com novos testes Origin, AV1 Encode e mais

E foi lançado o Chrome 90 Beta com novos testes Origin, AV1 Encode e muito mais. Confira as novidades desse update e veja como instalar no Linux.

O fato de que o Google Chrome ainda é o navegador mais usado no planeta o torna uma das mais importantes ferramentas de controle da web para o Google.

Mas independente disso, o Chrome é o navegador do Google e também o navegador número um no mercado, com uma participação de mais de 65%, de acordo com dados de terceiros da NetMarketShare.

Agora, após o lançamento do Chrome 89 na semana passada, o Chrome 90 agora está disponível em versão beta.

Novidades do Chrome 90 Beta

Chrome 90 Beta lançado com novos testes Origin, AV1 Encode e mais

Retirado do Chrome 89, o lançamento do navegador Chrome 90 agora está sendo fornecido com o suporte de codificação AV1 mencionado anteriormente para uso de WebRTC.

O Chrome está enviando a implementação libaom para fornecer suporte de codificação AV1 dentro do navegador da web com foco em videoconferência em tempo real.

O desempenho do codificador de referência AOMedia permanece bastante baixo, mas é um passo para melhorar o suporte WebRTC daqui para frente.

O Google observa no anúncio do Chrome 90 beta que o AV1 oferece melhor eficiência de compressão, funciona melhor para redes com largura de banda muito baixa (30kbps e inferior) e oferece melhor eficiência de compartilhamento de tela em relação ao VP9 e outros codecs.

O Chrome 90 beta também vem com novos testes de origem em torno de fluxos inseríveis MediaStreamTrack, getCurrentBrowsingContextMedia(), manipulação de exceção WebAssembly e estimativa de iluminação WebXR AR.

O Chrome 90 também está trabalhando na interpolação de proporção de aspecto CSS, pseudo classes de estado personalizado, suporte de propriedade CSS “overflow: clip” e outras adições de desenvolvedor.

Mais detalhes sobre o Chrome 90 beta recém-lançado via Chromium.org.

Como instalar ou atualizar o Chrome

Os usuários de Android e iOS podem atualizar o Chrome em suas respectivas lojas de aplicativos.

Já os usuários de desktop Windows, Mac e Linux podem atualizar para o Chrome mais recente acessando Configurações -> Ajuda -> Sobre o Google Chrome e o navegador verificará automaticamente a nova atualização e a instalará se e quando disponível.

Ou para instalar a versão mais recente do Chrome nas principais distribuições Linux, use um desses tutoriais:
Google Chrome no Linux Ubuntu, Debian, Fedora, Arch e derivados – veja como instalar
Como instalar o Google Chrome no Fedora e derivados
Como instalar o Google Chrome no Ubuntu e derivados

1 comentário em “Google Chrome no Linux Ubuntu, Debian, Fedora, Arch e derivados – veja como instalar”

Os comentários estão encerrado.

Sair da versão mobile