Como instalar o ClamAV no Linux e usá-lo corretamente

Usa Linux em uma rede com clientes Windows e quer mais segurança? Veja como instalar o ClamAV no Linux e usá-lo corretamente!

Se você usa Linux em uma rede com clientes Windows e quer mais segurança, veja como instalar o ClamAV no Linux e usá-lo corretamente.


Existem vírus no Linux? A resposta é sim, o ponto é que o Linux é um sistema muito seguro que minimiza os riscos.
Como instalar o ClamAV no Linux e usá-lo corretamente
Como instalar o ClamAV no Linux e usá-lo corretamente

No entanto, quando você usa um servidor Linux em uma rede onde há muitos clientes usando o Windows, é útil instalar o ClamAV para remover esses vírus.

O ClamAV é um mecanismo antivírus de código aberto para detecção de Trojans, vírus, malware e outras ameaças maliciosas.

E o melhor, ele está disponível para as principais distribuições Linux, incluindo Debian, Ubuntu, openSUSE, Fedora, CentOS e tc.

E caso você saiba, o ClamAV é o padrão para o software de escaneamento do gateway de e-mail. Claro, estamos falando sobre a área de código aberto.

Isso lhe diz quão poderoso e confiável é. Tudo isso, com um alto desempenho, o que garante que você não terá uma despesa desnecessária de recursos do computador.

Sua instalação e uso são bastante simples, mas por ser de código aberto, garante um banco de dados correto e que é frequentemente atualizado.

Como instalar o ClamAV no linux e usá-lo corretamente

Para instalar o ClamAV no Linux basta abrir o gerenciador de pacotes do seu sistema e procurar por ele, e escolher a opção de instalação.

Mas se você quiser fazer isso usando comandos, abra um terminal e use um das opções abaixo;

Fedora e derivados:

sudo dnf install clamav

CentOS e derivados:

sudo yum install clamav-server clamav-data clamav-update clamav-filesystem clamav clamav-scanner-systemd clamav-devel clamav-lib clamav-server-systemd

OpenSuse e derivados:

sudo zypper install clamav

Debian, Ubuntu e derivados:

su
apt-get install clamav clamav-daemon

Caso você queira uma interface gráfica para o programa, procure pelo clamtk no gerenciador de pacotes do seu sistema e instale-o.

Usando o ClamAV

Como qualquer antivírus, sua eficácia depende da frequência com que você atualiza sua definição de vírus. Então o primeiro passo é atualizar o ClamAV, usando o seguinte comando

freshclam

Em seguida, escaneie um diretório (note que a opção -r é para fazer o programa pesquisar recursivamente).

clamscan -r /home/edivaldo

Caso o ClamAV encontre um arquivo infectado, remova-o usando esse comando.

clamscan --infected --remove --recursive /home/edivaldo

O processo acima é muito fácil, mas não é uma boa ideia se tiver que ser feito com frequência.

Nesse caso, inicialize o daemon do ClamAV para que ele possa procurar por ameaças constantemente.

/etc/init.d/clamav-daemon start
/etc/init.d/clamav-freshclam start

Finalmente, você pode consultar o restante do uso do ClamAV usando sua ajuda, pois é importante conhecer outras opções de uso e configuração.

clamav --help

Leia bem essa ajuda. É importante saber como usar o ClamAV no Linux, porque a segurança é um problema que não deve ser negligenciado nunca, mesmo sob a falsa sensação de imunidade absoluta.

Quer acrescentar algo a esse tutorial? Escreva isso nos comentários ou simplesmente deixe sua opinião!

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo



blog comments powered by Disqus