Como instalar o cliente MPD Cantata no Linux via AppImage

Usa MPD e procura um bom cliente para esse protocolo? Conheça e veja como instalar o cliente MPD Cantata no Linux via AppImage!

Se você usa MPD e procura um bom cliente para esse protocolo, conheça e veja como instalar o cliente MPD Cantata no Linux via AppImage.

MPD, ou Music é uma aplicação do lado do servidor para reproduzir músicas via protocolo de .

Já o Cantata é um cliente para MPD, aliás, ele é um dos clientes MPD que mais possui características embutidas: ele suporta listas de , , de e letras.

Como instalar o cliente MPD Cantata no Linux via AppImage
Como instalar o cliente MPD Cantata no Linux via AppImage

O programa também inclui muitas características encontradas em tocadores de mídia avançados, como listas de reprodução dinâmicas, sincronização com media players externos, transcodificação, digitalização ReplayGain e suporte para múltiplos servidores MPD.

Originalmente, o Cantata começou como um fork do QtMPC, principalmente para fornecer uma melhor integração KDE. Contudo, o código (e interface de usuário) agora está muito diferente, e ele pode ser compilado com suporte a KDE, ou como uma aplicação Qt pura para Windows, Linux, e OS X.

Como instalar o cliente MPD Cantata no Linux via arquivo AppImage

Para instalar o cliente MPD Cantata via arquivo AppImage, você deve fazer o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome cantata.appimage:

wget "https://d29vzk4ow07wi7.cloudfront.net/7b020eda5ba0c4528d18693fc273eba67ade739e92ca5712e7276b683b8faf81?response-content-disposition=attachment%3Bfilename%3D%22Cantata-2.0.1-x86_64.AppImage%22&Policy=eyJTdGF0ZW1lbnQiOiBbeyJSZXNvdXJjZSI6Imh0dHAqOi8vZDI5dnprNG93MDd3aTcuY2xvdWRmcm9udC5uZXQvN2IwMjBlZGE1YmEwYzQ1MjhkMTg2OTNmYzI3M2ViYTY3YWRlNzM5ZTkyY2E1NzEyZTcyNzZiNjgzYjhmYWY4MT9yZXNwb25zZS1jb250ZW50LWRpc3Bvc2l0aW9uPWF0dGFjaG1lbnQlM0JmaWxlbmFtZSUzRCUyMkNhbnRhdGEtMi4wLjEteDg2XzY0LkFwcEltYWdlJTIyIiwiQ29uZGl0aW9uIjp7IkRhdGVMZXNzVGhhbiI6eyJBV1M6RXBvY2hUaW1lIjoxNTc0OTYzNzkyfSwiSXBBZGRyZXNzIjp7IkFXUzpTb3VyY2VJcCI6IjAuMC4wLjAvMCJ9fX1dfQ__&Signature=jtq2BZQBeVwEIh11FH-V8F5DNi9rJMPMJJ6Q6OQvgGKki2ZSoAXe-IInNPC~ht6tPxWcJUqzuH50sGieCqVyKFa3xz13ygakCdoE7vo9JTZ05yTypwKNE1Pwp6e-xZEIA40VOP-h2vQJ0TN6GKIWRr~R0zRGKGXoUICH67oqABzbF-n1UkKuzbnkCX4a96JqpmOQGsnUCnB~XWD7eTmuRMx3ZAnww5Kf5g6kMtO50yaczUWzX3vsCXfIFZP39aOzDjV3tD0LEKWd1QSJYg7POlLikH0X53Jn1fVQa1q6-bwrNnROZem8vZwxWbtbzinL30VZila~sBaiFtKKESUGRA__&Key-Pair-Id=APKAIFKFWOMXM2UMTSFA" -O cantata.appimage

Passo 4. Dê permissão de execução para o arquivo baixado;

chmod +x cantata.appimage

Passo 5. Agora o programa com o comando;

sudo ./cantata.appimage --install

Passo 6. Quando você inicia o arquivo pela primeira vez, será perguntado se deseja integrar o programa com o sistema. Clique em “Yes” (Sim) se quiser integrá-lo ou clique em “No” (Não), se não quiser. Se você escolher Sim, o iniciador do programa será adicionado ao menu de aplicativos e ícones de instalação. Se você escolher “No”, sempre terá que iniciá-lo clicando duas vezes no arquivo AppImage.

Pronto! Agora, você pode iniciar o programa no menu Aplicativos/Dash/Atividades ou qualquer outro lançador de aplicativos da sua distro, ou digite cantata ou em um terminal, seguido da tecla TAB.

Integrando os aplicativos AppImage no sistema

Se você quiser integrar melhor esse programa no seu sistema, instale o AppImageLauncher, usando esse tutorial:
Como instalar o integrador AppImageLauncher no Linux

O que está sendo falado no blog

No Post found.

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo