GitHub começou a armazenar todo o código aberto no Ártico

O GitHub começou a armazenar todo o código aberto no Ártico, através da iniciativa Arctic Code Vault. Confira os detalhes dessa importante tarefa.

A iniciativa Arctic Code Vault, é parte do Programa GitHub Archive, cuja intenção é preservar para as gerações futuras todo o software de código aberto que é armazenado em seus servidores, no Ártico.

GitHub começou a armazenar todo o código aberto no Ártico

Bem, o “backup do Ártico” começou.

GitHub começou a armazenar todo o código aberto no Ártico

Em resumo, o GitHub armazenará seus repositórios públicos em um cofre do Ártico com o objetivo de “preservar todos os softwares de código aberto para as gerações futuras”.

E é um objetivo de longo prazo, porque deve garantir nada menos que o código armazenado nos próximos mil anos.

O anúncio foi feito durante a última conferência para desenvolvedores que mantinham a plataforma no final do ano passado e sob a premissa de que existem fatores para pensar sobre o “fim do mundo” que podem acontecer quando menos se espera, Portanto, a empresa da Microsoft deseja manter o software o mais seguro possível.

Para esta iniciativa, o GitHub fez uma parceria com a Long Now Foundation, Internet Archive, Software Heritage Foundation, Arctic World Archive, Microsoft Research, Bodleian Library e Stanford Libraries.

O programa contempla o armazenamento contínuo de dados em vários formatos e locais, entre os quais se destaca o Arctic World Archive, um cofre de 250 metros dentro da mesma montanha da Noruega usada para o banco mundial de sementes.

Os dados serão armazenados em bobinas de filme revestidas com pó de óxido de ferro, cuja duração é estimada em mil anos, para que, se necessário, possam ser lidas por um computador ou, se houver uma falta de energia global, mesmo por seres humanos.

Entre os primeiros depósitos estão o código fonte dos sistemas operacionais Linux e Android, bem como uma variedade de linguagens de programação, plataformas web, criptomoedas e ferramentas de inteligência artificial.

O GitHub planeja ter todos os repositórios públicos ativos armazenados em fevereiro deste ano.

Os dados estarão localizados ao lado de arquivos preservados digitalmente de todo o mundo, incluindo obras de arte, música, avanços científicos, manuscritos históricos ou achados arqueológicos.

Se ocorrer algum tipo de evento apocalíptico, todos esses dados poderão ser usados ​​para ajudar a reconstruir uma sociedade global. Caso contrário, pelo menos, atuará como uma valiosa cápsula do tempo.

Eles explicam que

“É fácil imaginar um futuro em que o software atual pareça uma irrelevância pitoresca há muito esquecida, até que uma necessidade inesperada surja. Como qualquer backup, o programa GitHub Archive destina-se a cobrir futuros imprevistos.”

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo
Edivaldo Brito: Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.