Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Mabox 20.10 Eithné lançado com melhorias e kernel LTS por padrão

E foi lançado o Mabox 20.10 Eithné com melhorias e kernel LTS por padrão. Confira as novidades e descubra onde baixar a distribuição.

Mabox é baseado no Manjaro, com um gerenciador de janelas Openbox leve pré-configurado e vários programas e ferramentas especialmente desenvolvidos. Ele funciona muito bem mesmo em computadores mais fracos.

Dentre os seus recursos, essa distribuição destaca-se por possuir uma instalação fácil, ser leve, altamente configurável, poder e flexibilidade do Manjaro Linux e já vem com o Openbox pré-configurado, ou seja, pronto para usar.

Agora, foi lançado o Mabox 20.10 Eithné com melhorias e kernel LTS por padrão, além de outras novidades.

Novidades do Mabox 20.10 Eithné

Mabox 20.10 Eithné lançado com melhorias e kernel LTS por padrão
Mabox 20.10 Eithné lançado com melhorias e kernel LTS por padrão

Mabox agora está totalmente traduzido para o espanhol, graças a @ben_chile.

Todas as ferramentas específicas do Mabox como Mabox Control Center, tela de boas-vindas, Conky / Tint2 Manager, Menu/Sidepanels e até mesmo slideshow do instalador são totalmente traduzidos. Os Arquivos de configuração do Conky e painéis tint2 também traduzidos.

Além disso, não há mais ISOs específicos de idioma, há apenas um. E, selecione o idioma e o teclado apropriados no momento da inicialização.

Os painéis laterais e o menu receberam muitas melhorias.

A partir desta versão, Mabox sempre vem com o kernel LTS por padrão, desta vez o linux 5.4.67. A maioria dos pacotes vem do repositório Manjaro Stable em 2020-10-01. E alguns pacotes vêm do repositório MaboxLinux.

Algumas mudanças:

  • bashtop substituído por seu sucessor bpytop mais rápido, mais leve e com mais recursos;
  • zensu (gtksu) substituído por yadsu;
  • Espanso – expansor de texto adicionado com a adição do pequeno auxiliar jgmenu (W-A-e).

Agora você pode facilmente:

  • Mudar tamanho e fonte;
  • Mostrar ou ocultar ícones;
  • Selecione o tema do ícone;
  • Escolha o esquema de cores (por padrão, os menus/painéis seguem o tema do openbox);
  • Ajuste o esquema de cores ao seu gosto.

A inicialização automática da maioria dos serviços/aplicativos comuns pode ser gerenciada pela GUI Autostartu do Mabox.
Você pode ativar/desativar, por exemplo:

  • Picom Compositor;
  • ClipIt – gerenciador de área de transferência;
  • Volumeicon;
  • Cantos Quentes;
  • Notificador de atualização;
  • Power Manager;
  • Gerenciador de Bluetooth;
  • Conky Manager;
  • Monitor do sistema Gkrellm.

Os usuários avançados ainda podem usar o script de inicialização automática tradicional do Openbox.

Por fim, a configuração do painel Tint2 agora é menos confusa. Vá para o Menu de Configurações (W-s) – Painel Tint2.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Mabox 20.10 Eithné

A imagem ISO do Mabox 20.10 Eithné já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.
Ou se preferir, acesse os links abaixo diretamente:

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.