Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Mozilla Firefox 85 já está disponível para download e sem suporte a Flash

E o Firefox 85 já está disponível para download antes do lançamento oficial e sem suporte a Flash. Confira as novidades e veja como instalar no Linux.

O Mozilla Firefox é o navegador padrão do Ubuntu e de outros sistemas Linux, e geralmente, a última versão do Firefox fica disponível como uma atualização de segurança em todas as versões suportadas das principais distribuições Linux, pouco depois de algumas horas do anúncio da Mozilla, para alegria de seus usuários.

Agora, o navegador Mozilla Firefox 85 já está disponível para download, antes de seu lançamento oficial em 26 de janeiro, para todas as plataformas suportadas, incluindo Linux, macOS e Windows.

Novidades do Firefox 85 que já está disponível

Mozilla Firefox 85 já está disponível para download e sem suporte a Flash

O Firefox 85 está em desenvolvimento desde meados de novembro de 2020, quando entrou no canal Nightly e desembarcou no canal beta em 15 de dezembro, quando a Mozilla lançou o navegador Firefox 84 como a última versão a ser fornecida com suporte para o agora obsoleto plugin Flash Player da Adobe .

Portanto, o Firefox 85 é o primeiro lançamento do popular navegador de código aberto e plataforma cruzada a descartar o suporte para o plugin Adobe Flash Player.

Isso significa que você não poderá reativar o suporte a Flash, especialmente porque o plug-in Flash parou de carregar conteúdo em Flash desde 12 de janeiro de 2021.

Agora que o Flash acabou, vamos dar uma olhada nos novos recursos, já que o Firefox 85 vem com um importante recurso de privacidade chamado “particionamento de rede”, que promete melhorar sua privacidade ao navegar na Web, particionando os recursos de rede em vez de compartilhá-los para eliminar rastreamento entre sites.

O particionamento de rede é um recurso “subjacente”, o que significa que você não verá nenhuma configuração para ele nas Preferências.

Como a data do site agora será baixada para cada domínio de nível superior, demorará um pouco mais para carregar os sites, mas a Mozilla diz que o impacto no desempenho deve ser insignificante para a maioria dos usuários.

Aqueles de vocês que preferem melhor conectividade em detrimento da perda de privacidade podem desativar o recurso anti-rastreamento de “particionamento de rede” configurando a opção privacy.partition.network_state em about:config como false.

A opção estava disponível no Firefox 84, mas agora está ativada por padrão.

Outro novo recurso do Firefox 85 é a capacidade de remover todos os seus logins salvos com um único clique do mouse no gerenciador de senhas integrado, em vez de excluir cada um individualmente por meio de uma nova opção “Remover todos os logins” no menu de hambúrguer localizado no lado direito da página about:logins.

O Firefox 85 também torna mais fácil acompanhar seus sites favoritos, lembrando sua localização preferida para os favoritos salvos.

Além disso, o navegador da web agora exibe a barra de ferramentas de favoritos por padrão em novas guias e apresenta uma pasta da barra de ferramentas para acesso rápido e fácil a todos os seus favoritos.

Se você não pode esperar até o lançamento oficial de amanhã, você pode baixar o Firefox 84 agora mesmo do servidor FTP da Mozilla.

Com instalar o Firefox

Como de costume, você pode fazer o download da versão mais recente do Firefox no site oficial, mas, como sempre, recomendo que você atualize suas instalações dos repositórios de software estáveis ​​da sua distribuição favorita do Linux quando os pacotes do Firefox aparecerem.

Para instalar a versão estável do Firefox Flatpak, use esse tutorial:
Quer experimentar a versão Flatpak do Firefox? Veja como!

Já os usuários do Linux de distros que não suportam flatpak terão que esperar essa versão do Firefox chegar aos repositórios de software estáveis ​​de suas distribuições favoritas do Linux.

A nova versão estará no repositório oficial do Ubuntu e outras distros em breve. Até lá, quem quiser se adiantar (ou não), deve usar uma das opções abaixo.

Para instalar a versão mais recente do Firefox em qualquer distribuição Linux, use esse tutorial:
Firefox no Linux: veja como instalar manualmente

Se você precisa de um Firefox estável e que suporta plugins abandonados pela versão principal do navegador, veja como instalar o Firefox ESR no Linux manualmente.
Firefox ESR no Linux – veja como instalar manualmente

Já se você usa o Ubuntu ou um derivado dele e atualizou o sistema, e a nova versão não apareceu, siga os passos deste tutorial e resolva seu problema.
Firefox no Ubuntu: veja como manter o navegador atualizado

E se você quiser experimentar as últimas versões do Firefox no Ubuntu, dê uma olhada nesse tutorial:
Como experimentar as últimas versões do Firefox no Ubuntu

Você também pode instalar o programa usando esse outro tutorial:
Como instalar o navegador Firefox no Linux via Snap

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile