OpenMandriva Lx 4.2 Alpha lançado com kernel 5.7 e KDE Plasma 5.19

E foi lançado o OpenMandriva Lx 4.2 Alpha com kernel 5.7 e KDE Plasma 5.19. Confira as novidades e descubra onde baixar a distro.

OpenMandriva é uma distribuição voltada para o cenário desktop e servidor do Linux com todos os recursos, patrocinado pela OpenMandriva Association.

Essa distro foi baseado no ROSA, um projeto de distribuição Linux russo que vendeu o Mandriva Linux em 2012, incorporando muitas das ferramentas e utilitários originais do Mandriva e adicionando aprimoramentos internos.

O objetivo do OpenMandriva é facilitar a criação, aprimoramento, promoção e distribuição de software livre e de código aberto em geral, e projetos do OpenMandriva em particular.

Agora, a comunidade OpenMandriva anunciou a disponibilidade para testes públicos da primeira versão alfa da próxima versão de distribuição, o OpenMandriva Lx 4.2.

Com o codinome “Argônio”, o OpenMandriva Lx 4.2 é a segunda grande atualização da última série do OpenMandriva Lx 4.

Novidades do OpenMandriva Lx 4.2 Alpha

OpenMandriva Lx 4.2 Alpha lançado com kernel 5.7 e KDE Plasma 5.19

OpenMandriva Lx 4.2 Alpha vem com pacotes atualizados e tecnologias Linux, incluindo a mais recente série de kernel Linux 5.7 e o ambiente de desktop KDE Plasma 5.19.

Nesta primeira versão alfa, o OpenMandriva Lx 4.2 vem com o kernel Linux 5.7.8, o que deve melhorar ainda mais o suporte de hardware, bem como o mais novo software KDE/Qt, como o ambiente de desktop KDE Plasma 5.19.3, o KDE Applications 20.04.3 , KDE Frameworks 5.72.0 e Qt 5.15, para uma melhor experiência na área de trabalho.

Sob o capô, há uma pilha de gráficos atualizada com base no X.Org Server 1.20.8, Mesa 20.1 e Wayland 1.20.8. A cadeia de ferramentas também foi atualizada e agora inclui LLVM/clang 10.0.1, GCC (GNU Compiler Collection) 10.1, GNU C Library (Glibc) 2.31, Java 14 e systemd 245.

O algoritmo de compactação em tempo real Zstandard (Zstd) está sendo usado nesta versão para fornecer as melhores taxas de compactação para o kernel, o que se traduz em tempos de inicialização mais rápidos.

E o Calamares 3.2.26 é usado como o instalador gráfico padrão nesta versão alfa.

Em termos de software, esta versão alfa fornece acesso antecipado a aplicativos avançados e futuros, incluindo o pacote de escritório LibreOffice 7.0, o software de gerenciamento de fotos profissional digiKam 7.0 e o pacote de escritório Calligra 3.2.

Também estão incluídos nesta primeira versão alfa os navegadores Mozilla Firefox 78, Chromium 83 e Falkon 3.1, o software de pintura digital Krita 4.2.9, a ferramenta de gravação de tela SimpleScreenRecorder 0.4.2, bem como o VLC 3.0.11 e SMPlayer 20.6.0 players de mídia.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o OpenMandriva Lx 4.2 Alpha

O OpenMandriva Lx 4.2 está disponível para testes públicos agora como uma versão alfa, que é uma compilação de desenvolvimento muito precoce que NÃO é recomendada para instalação em máquinas de produção. Se você encontrar algum problema ou bug, informe-os nesse endereço.

Duas imagens ISO estão disponíveis para download, para sistemas x86_64 genéricos e para computadores com CPUs AMD recentes da família Ryzen, ThreadRipper e EPYC.

Ao testar, observe também que esta versão requer pelo menos 2 GB de RAM e 10 GB de espaço livre em disco, inclusive para máquinas virtuais, e não suporta o Secure Boot.

A imagem ISO do OpenMandriva Lx 4.2 Alpha pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Categorias bodhi, Deepin, Elementary, Kylin, Linux, Linux Mint, Open Source, Pop!_OS, Software livre, Tecnologia, Tutorial, Ubuntu, Zorin Tags alterar, boot, configurações, Customizer, gerenciador, Grub

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile