Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

QEMU 4.2 lançado com melhorias! Confira as novidades e atualize!

Foi lançado o QEMU 4.2 com melhorias para diferentes arquiteturas que incluem ARM, MIPS, POWER, s390, x86 e RISC-V. Confira as novidades desse update.

QEMU é um programa de código aberto que pode ser usado como emulador de máquina e virtualizador genérico.

QEMU 4.2 lançado com melhorias! Confira as novidades e atualize!
QEMU 4.2 lançado com melhorias! Confira as novidades e atualize!

QEMU pode emular um processador e, em geral, uma arquitetura diferente, se necessário. Ele permite que você execute um ou mais sistemas operacionais (e seus aplicativos) isoladamente através de hipervisores como KVM e Xen, ou simplesmente binário, no ambiente de um sistema operacional já instalado na máquina.

O QEMU permite virtualização sem emulação, se o sistema convidado usa o mesmo processador que o sistema host ou emula as arquiteturas dos processadores x86, ARM, PowerPC, Sparc, MIPS1.

Ele funciona nas plataformas x86, x64, PPC, Sparc, MIPS, ARM e nos sistemas operacionais Linux, FreeBSD, NetBSD, OpenBSD, Mac OS X, Unix e Windows

Quando usado como um virtualizador, QEMU alcança perto de performances nativas, executando o código convidado diretamente na CPU hospedeira.

QEMU suporta a virtualização ao executar sob o hypervisor Xen ou usando o módulo do kernel KVM no Linux. Ao usar o KVM, QEMU pode virtualizar x86, servidor e embedded PowerPC, e S390 como convidado.

Agora, foi anunciado o lançamento da nova versão do QEMU 4.2.

Novidades do QEMU 4.2

Nesta nova versão, a equipe de desenvolvimento do QEMU anunciou uma série de mudanças importantes, das quais o QEMU 4.2 é lançado com muitas melhorias na virtualização do Linux.

No entanto, alguns dos destaques dessa atualização de recursos para este emulador de código aberto incluem as atualizações mais recentes para todos os modelos de CPU que agora têm extensões de sincronização transacional (TSX) desabilitadas por padrão.

Isso ocorre devido à recente vulnerabilidade TSX Async Abort e Zombieload Variant Two.
 
Enquanto para o KVM foi adicionada a capacidade de usar mais de 256 CPUs e fornecer suporte para instruções SVD SIMD, além de melhorar o desempenho da emulação usando o gerador de código TCG.

Outra melhoria de desempenho do QEMU 4.2 é a inclusão nas recentes bibliotecas Gcrypt e Nettle, onde o QEMU agora pode usar o próprio modo de criptografia XTS da biblioteca e isso pode resultar em um grande aumento no desempenho da criptografia AES-XTS, especialmente se você usar a criptografia de disco LUKS ao executar no QEMU.

Para o NBD, o controlador de bloco agora suporta um processamento mais eficiente de solicitações de cópia em leitura, além de receber otimizações do servidor para copiar imagens dispersas e correções/melhorias gerais nas implementações do servidor/cliente NBD.

Para o emulador de arquitetura PowerPC, você pode emular as instruções POWER9 mffsce, mffscrn e mffscrni. Em máquinas emuladas, o “powernv” adicionou suporte aos dispositivos do sistema Homer e OCC SRAM.

O padrão compatível com Virtio 2 e um mecanismo de especificação específica virtio 1.1 de filas virtuais empacotadas (virtqueue) para trocar dados com um dispositivo de E/S virtual no modo em lote foram adicionados no virtio-mmio.

Das outras mudanças que se destacam nesta nova versão:

  • Suporte para extensões Intel AVX-512 BFloat16 (BF16);
  • Melhor desempenho para a emulação Tiny Code Generator (TCG) de núcleos ARM;
  • O controlador de bloco LUKS agora suporta Falloc e pré-atribuição completa;
  • Suporte a QEMU no ARM para executar em mais de 256 CPUs;
  • Adicionado suporte para o modelo AST2600 ASPEED;
  • Para o ARM SVE (Scalable Vector Extensions) agora é compatível com convidados KVM no ARM SoC e no kernel compatível;
  • O suporte do Apple MacOS Hypervisor Framework (HVF) agora é considerado estável;
  • Suporte KVM para instruções SVE SIMD em hardware compatível com SVE;
  • Suporte de emulação para instruções mffsce, mffscrn e mffscrni POWER9;
  • A máquina powernv agora é compatível com os sistemas Homer e OCC SRAM;
  • No RISC-V, o depurador agora pode ver todos os estados da arquitetura.

Para saber mais sobre essa versão do QEMU, acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o QEMU 4.2

Para os interessados ​​em instalar esta nova versão, eles podem encontrá-la nos canais oficiais de sua distribuição Linux, já que o projeto tem uma grande popularidade. Basta usar o seu gerenciador de pacotes para instalar a partir de um terminal.

E para instalar a versão mais recente do QEMU no Ubuntu, use esse tutorial:
Como instalar o QEMU no Ubuntu e gerenciar ele com o Virt Manager

O que está sendo falado no blog

Categorias Arch, Debian, Fedora, Gentoo, Linux, Linux Mint, Manjaro, Open Source, openSUSE, Software livre, Tecnologia, Tutorial, Ubuntu Tags , , , , , ,

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.