Rclone Browser 1.6 lançado com novas opções e correções

E foi lançado o Rclone Browser 1.6 com novas opções e correções. Confira todas as novidades e veja como instalar no Linux.

O Rclone Browser é uma interface gráfica Qt5 multiplataforma para o Rclone, uma ferramenta de linha de comando para sincronizar (e montar) arquivos de serviços de armazenamento em nuvem remotos como Google Drive, OneDrive, Nextcloud, Dropbox, Amazon Drive e S3, Mega e outros.

Rclone Browser 1.6 lançado com novas opções e correções

Use-o para copiar um arquivo de um serviço de armazenamento em nuvem para outro, de um armazenamento em nuvem para o seu sistema ou o contrário, e para montar algum armazenamento em nuvem no seu sistema com um único clique.

Como o Rclone Browser original não é atualizado há quase três anos, um novo desenvolvedor criou um fork, corrigindo alguns problemas que começaram a acontecer com as novas versões do Rclone, além de adicionar novas funcionalidades.

O fork do Rclone Browser que eu estava falando há algum tempo continua melhorando, com a versão mais recente adicionando novas opções nas preferências do aplicativo, além de uma correção importante no Windows que permite que a montagem/desmontagem funcione corretamente.

Novidades do Rclone Browser 1.6

O mais recente Rclone Browser (fork) 1.6.0 adiciona várias novas opções para especificar pastas de upload/download padrão, configurações configuráveis ​​de download/upload e configurações configuráveis ​​de montagem (com –vfs-cache-mode escreve como padrão).

A nova versão também adiciona notificações de atualização para o Rclone Browser e o Rclone, com as duas opções ativadas por padrão.

Esta versão também corrige os problemas de montagem/desmontagem do Windows.

Como esse problema precisa ser corrigido no Rclone Browser e no próprio Rclone, você precisará da versão mais recente de ambos (Rclone Browser 1.6.0 e Rclone 1.50 ou mais recente) para não encontrar mais problemas ao montar/desmontar armazenamentos em nuvem no Windows.

  • O Google Drive com a opção “compartilhado comigo” sempre é montado como somente leitura para evitar problemas
  • Adicionado ftp, MS Azureblob e ícones remotos do Google Fotos
  • Barra de status da janela principal do aplicativo modificada para economizar espaço
  • A implantação do Windows agora inclui todos os arquivos de tempo de execução necessários para usuários sem o MSVCR instalado
  • Binário lançado para Windows de 32 bits e armhf de 32 bits (para Raspberry Pi executando Raspbian)
  • Outros pequenos ajustes e correções

Para saber mais sobre essa versão do Rclone Browser acesse a nota de lançamento.

Como instalar ou atualizar o Rclone Browser 1.6

Na aba de releases do GitHub do Rclone Browser (fork), você encontrará binários para Windows, macOS e Linux (somente DEB – para Debian, Ubuntu, Linux Mint, Pop!_OS e assim por diante).

Aqueles que usam o Arch Linux podem instalar o Rclone Browser usando um pacote AUR que possui o fork mais recente do Rclone Browser.

E, finalmente, em outras distribuições Linux, você precisará criar o Rclone Browser a partir da fonte, ou, use esse tutorial:
Use vários serviços de armazenamento na nuvem com RcloneBrowser

Não importa a fonte usada para instalar isso, você também precisará instalar o Rclone no seu sistema, pois o Rclone Browser é apenas uma GUI para o Rclone.

O que está sendo falado no blog

No Post found.

Categorias Linux, Open Source, Software livre, Tecnologia, Tutorial, Ubuntu Tags 1Ds Mark III, 40D, 50D, 5D Mark II, antiga, Canon, dslr, EOS 1000D, EOS 450D, EOS-MovRec, gravar, imagens, vídeos

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile