Instalando um aplicativo de restauração do sistema no Ubuntu e outras distros

Se você está precisando de um aplicativo de restauração do sistema, experimente o TimeShift. Conheça algumas particularidades desse programa, e veja como instalar ele no Ubuntu e derivados.


TimeShift é um aplicativo Linux que fornece uma funcionalidade de restauração do sistema, algo semelhante ao recurso “Restauração do sistema” no Windows e a ferramenta “Time Machine” no Mac OS.

Instalando um aplicativo de restauração do sistema no Ubuntu e outras distros

O programa faz instantâneos (snapshots) incrementais do sistema de arquivos em intervalos regulares e esses instantâneos podem ser restaurados mais tarde para trazer o sistema para o estado exato em que se encontrava no momento em que o snapshot foi tirado.

Instalando um aplicativo de restauração do sistema no Ubuntu e outras distros

Os instantâneos são feitos usando rsync e hard-links, dessa forma, os arquivos comuns são compartilhados entre os snapshots, o que economiza espaço em disco.

Cada instantâneo é um backup completo do sistema, que pode ser visualizado com um gerenciador de arquivos.

Instalando um aplicativo de restauração do sistema no Ubuntu e outras distros

Mas o TimeShift é projetado para proteger apenas os arquivos e configurações do sistema. Arquivos do usuário, como documentos, imagens e música são excluídos do processo e isso garante que os arquivos permaneçam inalterados quando você restaurar o sistema para uma data anterior.

Instalando um aplicativo de restauração do sistema no Ubuntu e outras distros

Para completar, o aplicativo suporta o backup e restauração de partições criptografados com LUKS (Linux Unified Key Setup). Além desse importante recurso, ele pode ser usado em linha de comando para restaurar, listar e apagar snapshots (instantâneos). Como nos exemplos a seguir:

timeshift --restore #interativo
timeshift --restore --snapshot "2015-01-21_19-28-43" --backup-device /dev/sda2 --target-device /dev/sda1 --skip-grub
timeshift --delete #interativo
timeshift --delete --snapshot "2015-01-21_19-28-43"
timeshift --delete-all #completely remove all snapshots

Conheça melhor a ferramenta de restauração do sistema TimeShift

Para saber mais sobre o Timeshift, clique nesse link.

Instalando um aplicativo de restauração do sistema no Ubuntu e derivados

Para instalar o aplicativo de restauração do sistema TimShift no Ubuntu e derivados devem fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

sudo add-apt-repository -y ppa:teejee2008/ppa

Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install timeshift

Passo 5. Para instalar o programa em sistemas de aquivos Btrfs, use o comando abaixo;

sudo apt-get install timeshift-btrfs

Passo 6. Caso precise desinstalar, use os comandos abaixo:

sudo apt-get remove timeshift timeshift-btrfs
sudo apt-get autoremove

Instalando o TimeShift em outras distribuições

Para Fedora, OpenSuse, ArchLinux e outros sistemas operacionais Linux, você pode baixar o arquivo .run, disponível no site do TimeShift. Dependendo da distribuição que você estiver usando, você pode precisar instalar pacotes para satisfazer as seguintes dependências:libgee json-glib rsync.

Independente disso, para instalar o aplicativo de restauração do sistema Timeshift em outras distribuições Linux, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se for usar a versão normal do programa e seu sistema for de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o script de instalação do programa:

wget https://dl.dropboxusercontent.com/u/67740416/linux/timeshift-latest-i386.run?dl=1 -O timeshift-latest.run

Passo 4. Se for usar a versão normal do programa e seu sistema for de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o script de instalação do programa:

wget https://dl.dropboxusercontent.com/u/67740416/linux/timeshift-latest-amd64.run?dl=1 -O timeshift-latest.run

Passo 5. Se for usar a versão do programa com suporte a sistemas de arquivos BTRFS e seu sistema for de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o script de instalação do programa:

wget http://dl.dropbox.com/u/67740416/linux/timeshift-btrfs-latest-i386.run?dl=1 -O timeshift-latest.run

Passo 6. Se for usar a versão do programa com suporte a sistemas de arquivos BTRFS e seu sistema for de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o script de instalação do programa:

wget http://dl.dropbox.com/u/67740416/linux/timeshift-btrfs-latest-amd64.run?dl=1 -O timeshift-latest.run

Passo 7. Torne o script executável com o comando:

sudo chmod +x timeshift-latest.run

Passo 8. Para iniciar a instalação, use esse comando:

sudo ./timeshift-latest.run

Passo 9. Caso precise desinstalar, use os comandos abaixo:

sudo timeshift-uninstall

Pronto! Agora sempre que precisar, você pode fazer o backup ou restauração do sistema com essa ferramenta, digitando timeShift no Dash (ou em um terminal, seguido da tecla TAB).

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


You might also like More from author

5 Comments

  1. Gabriel Benevides says

    tentei instalar e apareceu o seguinte erro no terminal : Não foi possível obter acesso exclusivo ao directório de administração (/var/lib/dpkg/), outro processo está a utilizá-lo?

    O que pode ser ?

  2. jamisson says

    Opa eu instalei recentemente o lubuntu e tive dificuldades porque nem sempre a opção colar estava disponivel quando eu queria recortar algum arquivo,sendo que para copiar ela aparecia sempre.Sera que a instalação do lubuntu tweaks eu poderei configurar corretamente isso ,porque não encontrei em canto nenhum uma maneira de corrigir isso.

  3. Michael Martins says

    Então era por isso que eu achava diferente o Lightdm do Ubuntu e do Xubuntu. Do Ubuntu é mais pesado?

Leave A Reply