Como assistir nativamente os filmes do serviço Netflix no Linux (atualizado)

Se você quer assistir os filmes do serviço Netflix no Linux, veja aqui como fazer isso.
assistir nativamente os filmes do serviço Netflix no Linux
A reprodução nativa de filmes do Netflix Linux já é possível na versão beta mais recente e compilações de desenvolvimento do Google Chrome ( wrapper do Wine ou Silverlight). No tutorial a seguir, você verá como fazer isso, usando esse navegador em conjunto com a extensão Switcher, mais especificamente no Ubuntu.

Antes de qualquer instalação, será preciso a biblioteca libnss3, para que tudo funcione corretamente. Abaixo, veja como instalar ela via repositório e manualmente. Use o método que lhe for mais conveniente.


Veja também


Atualizando a libnss3 para uma versão mais recente a partir de um repositório

Para atualizar a libnss3 para uma versão mais recente a partir de um repositório no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando:



sudo add-apt-repository ppa:leonbo/nss

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install libnss3 libnss3-1d libnss3-nssdb

Passo 5. Atualize o com o comando:

sudo apt-get upgrade

Passo 6. Por fim, reinicie o sistema com o comando abaixo:

sudo reboot

Atualizando a libnss3 para uma versão mais recente baixando o pacote diretamente

Para atualizar a libnss3 para uma versão mais recente no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (No Unity, use o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, abras as “Configurações do Sistema” e clique em “Detalhes”. Ou se preferir, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 32 bits, use o comando abaixo:

wget -O libnss32.zip https://doc-0c-3k-docs.googleusercontent.com/docs/securesc/ha0ro937gcuc7l7deffksulhg5h7mbp1/1du5vsf5n0b6dman6oehk6iokj3ip7lt/1407844800000/14467174561646825769/*/0B8MFusG83BYvdlRwcmFJb2ZNY2M?h=16653014193614665626&e=download

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo:

wget -O libnss64.zip https://doc-0g-3k-docs.googleusercontent.com/docs/securesc/ha0ro937gcuc7l7deffksulhg5h7mbp1/uphstp4j3pr29vpma1s5k34qdarie4op/1407844800000/14467174561646825769/*/0B8MFusG83BYvak5FdkVNMlNxd0U?h=16653014193614665626&e=download

Ou use esses links

libnss3 files for Ubuntu 14.04 LTS (32bit)  libnss3 files for Ubuntu 14.04 LTS (64bit)

Passo 5. Descompacte o arquivo baixado como o comando:

unzip libnss*.zip

Passo 6. Vá para a pasta criada:

cd libnss*

Agora instale o programa com o comando:

sudo dpkg -i libnss3*

Passo 6. Caso seja necessário, instale as dependências do programa com o comando:

sudo apt-get install -f -y

Instalando o Google Chrome do Dev channel no Ubuntu e derivados

Para instalar o Google Chrome do Dev channel no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (No Unity, use o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, abras as “Configurações do Sistema” e clique em “Detalhes”. Ou se preferir, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 3. Se seu sistema é de 32 bits, use o comando abaixo:

wget https://dl.google.com/linux/direct/google-chrome-unstable_current_i386.deb

Passo 4. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo:

wget https://dl.google.com/linux/direct/google-chrome-unstable_current_amd64.deb

Passo 5. Agora instale o programa com o comando:

sudo dpkg -i google-chrome-unstable_current_*.deb

Passo 6. Caso seja necessário, instale as dependências do programa com o comando:

sudo apt-get install -f -y

Instalando e configurando a extensão User-Agent Switcher no Chrome

Passo 1. Execute o programa digitando no Dash:chrome;
Passo 2. Acesso esse link para entrar na página da extensão User-Agent Switcher;
Passo 3. Clique no botão “Gratuito”, para iniciar a instalação da extensão;
assistir nativamente os filmes do serviço Netflix no Linux
Passo 4. Quando for questionado, confirme a instalação da extensão clicando no botão “Adicionar”;
assistir nativamente os filmes do serviço Netflix no Linux
Passo 5. Depois de instalada, aparecerá um ícone da extensão no canto superior direito. Clique nele com o botão direito do mouse e no menu que aparece, clique no item “Opções”;
assistir nativamente os filmes do serviço Netflix no Linux
Passo 6. Na tela de opções da extensão, preencha os campo com os dados abaixo e no final, clique no botão “Add”:

New User-agent name: Netflix

New User-Agent String: (Mozilla/5.0 (Windows NT 6.3; Win 64; x64) AppleWebKit/537.36 (KHTML, like Gecko) Chrome/38.0.2114.2 Safari/537.36)

Replace or Append: Append

Indicator Flag: NFX
assistir nativamente os filmes do serviço Netflix no Linux
Passo 7. Depois de adicionar o perfil, clique normalmente no ícone da extrensão. No menu que aparece, clique na opção “Chrome” e será exibida uma lista de Perfis, clique no perfil criado (“Netflix”, nesse exemplo);
assistir nativamente os filmes do serviço Netflix no Linux
Passo 8. Vá para o site do Netflix e entre com seus dados para acessar o serviço. Antes de começar a assistir, clique no ícone que fica no canto superior direito da tela do Netflix e no menu que aparece, clique na opção “sua conta”;
assistir nativamente os filmes do serviço Netflix no Linux
Passo 9. Nas configurações de sua conta, clique na opção “Configurações de reprodução”;
assistir nativamente os filmes do serviço Netflix no Linux
Passo 10. Em “Configurações de reprodução”, marque a opção “Use o player HTML5 em vez de Silverlight” e depois clique no botão “Salvar”;
assistir nativamente os filmes do serviço Netflix no Linux

Pronto! Você já pode começar a assistir seus filmes no Netflix. Tenha uma boa diversão.

Assistindo nativamente os filmes do serviço Netflix em outras distribuições Linux

Se você usa outra distribuição, procure atualizar sua biblioteca libnss3 e o Google Chrome para a última versão do Dev channel. Tirando isso, todo o resto do processo é igual em qualquer distro Linux.

Via Tech Drive-in e OMG! Ubuntu!

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus