Como instalar o Museeks no Linux – um reprodutor de músicas leve e elegante

Procurando um reprodutor de músicas leve e elegante? Conheça e veja como instalar o no Linux, em qualquer distribuição.


Museeks é um reprodutor de música de código aberto escrito com Node.js, Electron e React.js. É livre, leve e funciona em Linux, OS X e Windows.

Como instalar o Museeks no Linux - um reprodutor de músicas leve e elegante


Veja também


Ele oferece uma interface de usuário claro e escuro, e suporta os formatos de arquivos mp3, mp4, m4a/aac, wav, ogg e 3gpp. O program também suporta temas, playlists, gerenciamento de filas, Shuffle, loop, controle de velocidade de reprodução e Sleep mode blocker.



Conheça melhor o Museeks

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar o Museeks no Linux

Para instalar o Museeks no Linux, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Caso já tenha feito alguma instalação manual, apague a pasta, o link e o atalho anterior com esse comando;

sudo rm -Rf /opt/museeks*
sudo rm -Rf /usr/bin/museeks
sudo rm -Rf /usr/share/applications/museeks.desktop

Passo 3. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

uname -m

Passo 4. Se seu sistema é de 32 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome museeks.zip:

wget https://github.com/KeitIG/museeks/releases/download/0.6.0/museeks-linux-ia32.zip -O museeks.zip

Passo 5. Se seu sistema é de 64 bits, use o comando abaixo para baixar o programa. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome museeks.zip:

wget https://github.com/KeitIG/museeks/releases/download/0.6.0/museeks-linux-x64.zip -O museeks.zip

Passo 6. Use o comando a seguir para descompactar o arquivo baixado;

sudo unzip /museeks.zip -d /opt/

Passo 7. Renomeie a pasta criada. Se ao executar o comando abaixo ocorrer um erro com a mensagem iniciando com “mv: é impossível sobrescrever o não-diretório”, pule este passo;

sudo mv /opt/museeks-linux* /opt/museeks

Passo 8. Crie um atalho para facilitar a execução do programa;

sudo ln -sf /opt/museeks/museeks /usr/bin/museeks

Passo 9. Se seu ambiente gráfico atual suportar, crie um lançador para o programa, executando o comando abaixo;

echo -e '[Desktop Entry]\n Version=1.0\n Name=Museeks\n Exec=/opt/museeks/museeks\n Icon=/opt/museeks/resources/app/src/images/logos/museeks.png\n Type=Application\n Categories=AudioVideo;Player;Audio;' | sudo tee /usr/share/applications/museeks.desktop

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite museeks em um terminal, seguido da tecla TAB.

Já se a sua distribuição suportar, coloque o atalho na sua área de trabalho usando o gerenciador de arquivos do sistema ou o comando abaixo, e use-o para iniciar o programa.

sudo chmod +x /usr/share/applications/museeks.desktop
cp /usr/share/applications/museeks.desktop  ~/Área\ de\ Trabalho/

Se seu sistema estiver em inglês, use este comando para copiar o atalho para sua área de trabalho:

cp /usr/share/applications/museeks.desktop ~/Desktop

Para mais detalhes sobre essa tarefa, consulte esse tutorial:
Como adicionar atalhos de aplicativos na área de trabalho do Unity
Se quiser, você também pode usar o gerenciador de arquivos do sistema para executar o programa, apenas abrindo a pasta dele e clicando em seu executável.

Como remover o programa no Linux

Para remover o programa no Linux, basta fazer o segundo passo do procedimento anterior.

Via UbuntuHandbook

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus