Sincronizar arquivos: Syncthing GTK agora tem integração com Nautilus, Nemo e Caja

Se você procura uma alternativa ao BitTorrent Sync para sincronizar arquivos, experimente instalar o Syncthing . O programa foi atualizado recentemente e agora tem integração com Nautilus, Nemo e Caja.
sincronizar arquivos syncthing-gtk
Para quem ainda não conhece, Syncthing é uma aplicação multiplataforma peer-to-peer que faz de arquivos / entre computadores e que é semelhante ao BitTorrent , no entanto, ao contrário deste último, Syncthing é open source. Já o Syncthing GTK é uma interface GTK3 e Python para o Syncthing (que por padrão, vem apenas com uma interface web).

A ferramenta suporta basicamente todos os recursos do Syncthing como adição/edição/exclusão de nós, adição/edição/exclusão de repositórios, desligamento/reinicio do servidor e edição da configurações do daemon. Existem também alguns recursos extras fornecidos pelo Syncthing GTK, como a execução do daemon Syncthing em segundo plano, uma opção para exibir Node ID e o código QR não só para local, mas também para nós remotos. Além disso, Syncthing GTK possui AppIndicator:


Veja também


syncthing-unity



A última versão do Syncthing GTK (0.6) adiciona suporte para Identicons, traz diversas correções de bugs, bem como um recurso muito solicitado: integração com o gerenciador de arquivos do ambiente gráfico usado, que por enquanto, suporta apenas Nautilus (Unity/Gnome), Nemo (Cinnamon) e Caja (MATE). Isso inclui emblemas (por estados como sincronizando/online/offline/erro) e uma opção de menu de contexto para sincronizar ou parar de sincronizar uma pasta com Syncthing:

syncthing-nautilus

nemo-syncthing

Para saber mais sobre essa versão, clique nesse link.

Conheça melhor o Syncthing GTK

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Como instalar o Syncthing GTK no Ubuntu e seus derivados

Para instalar o Syncthing GTK no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando:

sudo add-apt-repository ppa:nilarimogard/webupd8

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

ssudo apt-get install syncthing-gtk

Se você não quiser adicionar o repositório, pegue o arquivo .deb do Syncthing GTK nesse link e instale-o manualmente.

Como instalar o Syncthing GTK no Arch Linux, Fedora, openSUSE e outras distribuições Linux

Usuários do Arch Linux pode instalar o Syncthing GTK através do Community repo ou o mais recente Git via AUR.

Para Fedora e openSUSE, você pode usar o oficial Syncthing GTK OpenSUSE Build Service repository.

Para baixar o código fonte do Syncthing GTK, baixar binários do Windows, postar relatórios de bugs e assim por diante, visite a página do Syncthing GTK no GitHub.

Como instalar a integração do Syncthing GTK com o Nautilus, Nemo e Caja

Para ativar essa opção depois de instalar o Syncthing GTK, você deve instalar os vínculos python para o gerenciador de arquivos que você deseja usar, fazendo o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Para instalar a integração do Syncthing GTK com o Nautilus, use este comando:

sudo apt-get install python-nautilus gir1.2-nautilus-3.0

Passo 3. Para instalar a integração do Syncthing GTK com o Nemo, use este comando:

sudo apt-get install python-nemo gir1.2-nemo-3.0

Passo 4. Para instalar a integração do Syncthing GTK com o Caja, use este comando:

sudo apt-get install python-caja gir1.2-caja

Passo 5. Inicie o programa, digitando syncthing no Dash (ou em um terminal, seguido da tecla TAB);
Passo 6. Em seguida, a partir da janela “UI Settings” do Syncthing GTK, na guia “Integration”, selecione o gerenciador de arquivos que você quer integrar;
ui-settings
Passo 7. E, finalmente, reinicie o gerenciador de arquivos escolhido. Para fazer isso com o Nautilus, use o comandos abaixo:

nautilus -q

Passo 8. Para reiniciar o Nemo, use o comando abaixo:

nemo -q

Passo 9. Para reiniciar o Caja, use o comando abaixo:

caja -q

Pronto! Com o programa instalado e a integração habilitada, você já pode começar a usar o recusro, sempre que precisar.

Via WebUpd8

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus