Spotify no Ubuntu Linux, Debian e derivados – veja como instalar

Se você gosta de ouvir músicas enquanto usa seu desktop Linux, veja como instalar o Spotify no Ubuntu Linux, Debian e derivados.


Spotify é uma ótima maneira de ouvir música por meio de streaming em computadores com sistemas operacionais Microsoft Windows, Mac OS X e Linux e em dispositivos móveis como Symbian, iPhone, iPad, Android e BlackBerry.

Spotify no Ubuntu Linux, Debian e derivados - veja como instalar


Veja também


Com o Spotify você pode transmitir tudo, atualizar e sincronizar faixas e listas offline ou comprar faixas individuais para guardar para sempre.



A boa noticia é que é possível instalar o Spotify no Ubuntu Linux, Debian e derivados, através de um repositório especifico para estes sistemas Linux. E neste tutorial, será mostrado como fazer isso.

O aplicativo foi atualizado recentemente, e por isso, esse tutorial está sendo republicado.

Para obter mais detalhes sobre essa versão, leia a nota de lançamento.

Spotify no Ubuntu Linux, Debian e derivados - veja como instalar

Se você estiver usando o Fedora, CentOS ou um derivado deles, use esse outro tutorial para instalar o Spotify no Linux:
Como instalar o Spotify no Fedora Linux e derivados

Conheça melhor o Spotify

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.

Instalando o cliente Spotify no Ubuntu Linux, Debian e derivados

Para instalar o cliente Spotify no Ubuntu Linux, Debian e derivados, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Se quiser instalar a versão estável do programa, adicione o repositório usando o seguinte comando:

sudo sh -c "echo 'deb http://repository.spotify.com stable non-free' >> /etc/apt/sources.list.d/spotify.list"

Passo 3. Se quiser instalar a versão de desenvolvimento, adicione o repositório usando o seguinte comando:

sudo sh -c "echo 'deb http://repository.spotify.com testing non-free' >> /etc/apt/sources.list.d/spotify.list"

Passo 4. Instale a chave do repositório usando o seguinte comando:

sudo apt-key adv --keyserver hkp://keyserver.ubuntu.com:80 --recv-keys D2C19886

Passo 5. Atualize o Apt digitando o comando:

sudo apt-get update

Passo 6. Agora instale o programa com o comando:

sudo apt-get install spotify-client

Como instalar o Spotify manualmente ou em outras distros

Se não quiser adicionar o repositório ou quer tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar o arquivo DEB do programa nesse link e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele). Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma atualização dele.

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite spotify no Dash (ou em um terminal, seguido da tecla TAB).

Se você tiver algum problema de instalação ou execução no Ubuntu 15.04 e 15.10, basta fazer o download do pacote da biblioteca libgcrypt11 (libgcrypt11 de 32-bit | libgcrypt11 de 64-bit) e instalar via Central de programas.

Se preferir, acesse o tutorial abaixo para resolver o problema:
Problemas ao instalar ou executar programas no Ubuntu 15.04, 15.10 e 16.04? Veja como resolver

Pronto! Agora que você já instalou o Spotify no Ubuntu Linux, Debian e derivados, é hora de começar a curtir suas músicas no PC. Divirta-se!

Desinstalando o cliente Spotify no Ubuntu Linux, Debian e derivados

Para desinstalar o cliente Spotify no Ubuntu Linux, Debian e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando o comando abaixo;

sudo apt-get remove spotify-client
sudo apt-get autoremove

Via UbuntuHandbook

Se você teve alguma dificuldade ou sabe de alguma dica relacionada ao assunto acima, escreva um comentário e ajude a melhorar esse texto. E não esqueça de compartilhar também, ok?

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus