Instale Pipelight e obtenha suport a Silverlight no navegador no Linux

Infelizmente, o Linux não suporta nativamente a tecnologia . Mas existe uma maneira de contornar esse problema:  Instalando o Pipelight.
image

Entendendo o caso

Antes de instalar o Pipelight, é preciso entender cada um dos personagens dessa história.


Veja também


Silverlight

Microsoft Silverlight é um plug-in para navegadores, similar ao Adobe Flash. Ele permite experiências de mídia interativas, aplicações de negócio ricos e imersivos móveis. É uma poderosa ferramenta para criar e entregar aplicações ricas para internet e experiências de mídia na web. Um exemplo importante de serviço que usa essa tecnologia é o , um serviço de vídeos via internet que tem como principal diferencial o fato de funcionar na maioria dos dispositivos e sistema operacionais atuais, porém, como na maioria das suas aplicações cliente ele usa a tecnologia Silverlight, isso nem sempre é possível.



Pipelight

Pipelight é um plugin especial para o navegador, ele permite rodar seus aplicativos favoritos que usam a tecnologia Microsoft Silverlight diretamente no seu navegador no Linux. O plugin consiste de duas partes: Uma biblioteca Linux que é carregada no navegador e um programa do Windows iniciado no .
O programa do Windows, chamado pluginloader.exe , simplesmente simula um navegador e carrega as DLLs do Silverlight. Quando você abre uma página com um aplicativo Silverlight, a biblioteca irá enviar todos os comandos do navegador através de um tubo para o processo do Windows e agir como uma ponte entre o navegador e o Silverlight.

Agora que está tudo clarecido sobre o que é Pipelight e Silverlight, vamos a instalação.

Atenção! Antes de iniciar o processo de instalação, feche todos os navegadores que estiverem sendo executados.

Instalando o Pipelight no Ubuntu

Para instalar  o Pipelight no Ubuntu, faça o seguinte:

Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);

Passo 2. Adicione o repositório do aplicativo com o seguinte comando:

sudo apt-add-repository ppa:ehoover/compholio
sudo apt-add-repository ppa:mqchael/pipelight

Passo 3. Atualize o Apt digitando o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora o programa com o comando:

sudo apt-get install pipelight

Passo 5. Execute o Fifefox, será pedido para que você aceite o contrato de licença para baixar um monte de fontes da Microsoft. Isso irá levar algum tempo. Por favor, seja paciente para concluir a instalação. Você também será solicitado para instalar mono ou pacotes de gecko wine. Estes pacotes não são necessário para o pipelight, de modo que você pode ignorá-los com segurança a partir da instalação.

Passo 6. Para confirmar se o plugin foi realmente instalado, no Fifefox digite “about: plugins” na barra de endereços.

Testando o Silverlight no navegador

Ainda no Firefox, digite o endereço http://bubblemark.com/silverlight2.html para testar o Silverlight. Esta página mostra uma animação sobre o monte de bolas que colidem uns com os outros. Se quiser testar uma transmissão de vídeo, vá para a página http://www.iis.net/media/experiencesmoothstreaming. Teste também o acesso ao site do serviço do Netflix.

—– Atualização —–

Se o Silvelight não funcionar em alguns sites, deve ser porque ele faz como o do Netflix, que verifica o agente de usuário do navegador (User Agent) e não permite que você reproduza todos os vídeos já que o Linux não é suportado. Uma forma de contornar isso é usar um browser User Agent Switcher:

Firefox: instale as extensões UAControl ou o User Agent Overrider  e use um dos seguintes  user agents:

  • Mozilla/5.0 (Windows NT 6.1; WOW64; rv:15.0) Gecko/20120427 Firefox/15.0a1
  • Mozilla/5.0 (Windows NT 6.1; WOW64; rv:22.0) Gecko/20100101 Firefox/22.0
  • Mozilla/5.0 (Windows NT 6.1; rv:23.0) Gecko/20131011 Firefox/23.0

Chrome: instale a extensão User Agent Switcher e selecione o Windows Firefox 15 nas preferências dela.

E se você não fechou o navegador antes de prosseguir com a instalação e o Silverlight não funcionou, execute o seguinte comando em um terminal:

rm -rf ~/.wine-pipelight/

Em seguida, reinicie o navegador.

—– Atualização —–

Instalando o Pipelight em outras distribuições

Quem estiver usando outra distribuição, pode dar uma olhada no site do desenvolvedor do aplicativo acessando esse link. Lá tem as instruções, e se for o caso, o pacote para instalar ele em outras distribuições Linux. Apesar de estar em inglês, as instruções são bem simples. Se quiser pode tentar uma versão traduzida pelo Google Translator clicando aqui. Mas cuidado com os comandos, eles não devem ser traduzidos.


Compartilhe

Gostou da dica? Aproveite e conte sua experiência nos comentários e se quiser saber informações assine nosso feed, ele está na barra lateral direita do site. Com o feed você receberá as novidades sempre que forem publicadas. Assine e também compartilhe nossas postagens clicando nos botões do Google+, Twitter e Facebook.


Quer mais informações e dicas? Conheça também essas séries:

Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus