Como instalar a versão mais recente do Kernel nos sistemas baseados em RPM



Se você precisa instalar a versão mais recente do Kernel nos sistemas baseados em RPM, veja abaixo como fazer isso.


O núcleo do Linux está em atualização constante e atualizá-lo traz algumas mudanças importantes e várias correções de bugs, o que torna a tarefa importante e necessária.

Como instalar a versão mais recente do Kernel nos sistemas baseados em RPM

Sempre mostro como atualizar ele aqui no blog, embora o procedimento seja voltado para o Ubuntu e derivados. Em sistemas baseados em pacotes RPM, também é possível fazer essa atualização usando o repositório ElRepo, que fornece a última versão estável do kernel para o CentOS 7, Enterprise Linux 7, RHEL 7 e sistemas derivados deles e compatíveis com o kernel disponibilizado.



Antes de iniciar começar a instalar o kernel, saiba que este é um procedimento que apesar de simples, exige conhecimentos avançados do sistema e deve ser feito por sua própria conta e risco.

Como instalar a versão mais recente do Kernel nos sistemas baseados em RPM

Para instalar a versão mais recente do Kernel nos sistemas baseados em RPM, faça o seguinte
Passo 1. Abra um terminal como administrador;
Passo 2. Baixe e importe a chave do repositório;

rpm --import https://www.elrepo.org/RPM-GPG-KEY-elrepo.org

Passo 3. Adicione o repositório com o comando abaixo;

rpm -Uvh http://www.elrepo.org/elrepo-release-7.0-2.el7.elrepo.noarch.rpm

Passo 4. Agora, use o comando a seguir para instalar o kernel e confirme;

yum --enablerepo=elrepo-kernel install kernel-ml

Passo 5. Reinicie o sistema com o comando abaixo e na hora do boot, selecione o kernel 4.0 no menu do Grub:

reboot

Como instalar a versão mais recente do Kernel nos sistemas baseados em RPM

Passo 6. Se você tiver algum problema e quiser desinstalar o atual kernel, reinicie o computador com um kernel anterior (selecionando ele no menu do Grub) e quando iniciar o sistema, faça login, abra um terminal e execute o comando abaixo para remover o Linux Kernel:

yum remove kernel-ml

Nota: Todos os drivers que não fazem parte da principal árvore do kernel (o que obviamente inclui drivers proprietários) devem ser recompilados para novas versões do kernel.

Se você teve alguma dificuldade ou sabe de alguma dica relacionada ao assunto acima, escreva um comentário e ajude a melhorar esse texto. E não esqueça de compartilhar também, ok?

O que está sendo falado no blog nos últimos dias



Quer ficar por dentro de tudo que é publicado no Blog do Edivaldo? Pois isso é muito simples!
Basta curtir nossa página no Facebook, seguir o Blog no Twitter ou no Google+.
Se preferir, você também pode assinar o feed do site ou apenas baixar o app do Blog do Edivaldo no seu Smartphone, e ficar de olho!

Se você teve alguma dificuldade ou sabe de alguma dica relacionada ao assunto acima, escreva um comentário e ajude a melhorar esse texto. E não esqueça de compartilhar também, ok?

Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br/author/edivaldo/



blog comments powered by Disqus