Como instalar o Open Broadcaster no Ubuntu e derivados

Se você precisa de um programa para gravar o que acontece na área de trabalho do seu sistema, veja nesse tutorial como instalar o Open Broadcaster no Ubuntu e derivados.


Open Broadcaster é um software de código aberto e multiplataforma (disponível para Linux, Microsoft Windows e Apple OS X), que permite gravar as atividades de nossa área de trabalho e compartilhá-los ao vivo na web.

Como instalar o Open Broadcaster no Ubuntu e derivados


Veja também


O programa pode ser usado para fazer tutoriais em vídeo e compartilhá-los no YouTube Live, Twitch TV, DailyMotion e etc.



Com ele é possível capturar o desktop inteiro ou apenas uma janela, importar vídeo de uma placa de captura e adicionar imagens ou texto. Uma vez incluída, você pode processar tudo em várias “cenas” e carregar a coisa toda ao vivo via streaming ou iniciar uma gravação.

Entre as várias opções disponíveis no Open Broadcaster está a possibilidade de ver uma prévia do stream, a definição da resolução do vídeo, operar no volume do microfone (com a capacidade de reduzir o ruído de fundo), personalizar atalhos de e assim por diante.

Veja também:
Conheça alguns programas de gravação de tela para Linux

O aplicativo foi atualizado recentemente e por isso, esse tutorial está sendo republicado com os links atualizados.

Conheça melhor o Open Broadcaster

Para saber mais sobre esse programa, clique nesse link.
Para ver mais detalhes sobre essa versão, acesse o changelog do programa.

O Open Broadcaster está disponível para Ubuntu e derivados graças a um PPA, mas antes de instalar ele é preciso ter o FFMpeg no sistema. Infelizmente, ele não está incluído no Ubuntu 14.04 e 14.10, apenas do 15.04 em diante e anteriores ao 14.04. Para resolver o problemas nessas versões, use este tutorial:

FFmpeg no Ubuntu: veja como instalar esse pacote no 14.04/14.10 via repositório

Como instalar o Open Broadcaster no Ubuntu e seus derivados

Para instalar o Open Broadcaster no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

sudo add-apt-repository ppa:obsproject/obs-studio

Passo 3. Atualize o gerenciador de pacotes com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

sudo apt-get install obs-studio

Como instalar o Open Broadcaster manualmente ou em outras distros

Se não quiser adicionar o repositório ou quer tentar instalar em outra distribuição baseada em Debian, você pode pegar o arquivo DEB do programa nesse link e instalar ele manualmente (clicando duas vezes nele).

Mas lembre-se! Ao optar por esse tipo de instalação, você não receberá nenhuma atualização do programa.

Instalando o Open Broadcaster em outras distribuições

Vocẽ pode instalar o Open Broadcaster no Arch Linux via AUR (versão git), no openSUSE e no Gentoo, usando pacotes não oficiais.
Para outras distribuições Linux, você precisa compilar o programa a partir do código fonte.

Pronto! Agora, quando quiser iniciar o programa, digite obs no Dash (ou em um terminal, seguido da tecla TAB).

Desinstalando o Open Broadcaster no Ubuntu e derivados

Para desinstalar o Open Broadcaster no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
Passo 1. Abra um terminal;
Passo 2. Desinstale o programa, usando os comandos abaixo;

sudo apt-get remove obs-studio
sudo apt-get autoremove

Via lffl linux freedom

Se você teve alguma dificuldade ou sabe de alguma dica relacionada ao assunto acima, escreva um comentário e ajude a melhorar esse texto. E não esqueça de compartilhar também, ok?

O que está sendo falado no blog nos últimos dias


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus