Trisquel 7.0 LTS Belenos já está disponível para download

Foi lançada nessa segunda-feira (3), a distribuição Trisquel 7.0 , a versão livre de Ubuntu 14.04. Conheça mais um pouco sobre ela e descubra onde baixar a distro.
trisquel
Trisquel é um projeto que visa combinar as qualidades do Ubuntu dentro de um sistema operacional que inclui apenas software livre. Observe que a distribuição não é baseada nos repositórios oficiais do Ubuntu (no entanto, ela segue os ciclos de lançamento das versões LTS), eles analisam todos os pacotes e incluem somente software de fonte aberta. Ela também tem uma integração no kernel do Linux, que remove firmwares proprietários, além de incluir algumas otimizações.
trisquel
Entre os novos recursos da distribuição está o Kernel Linux 3.13 de baixa latência com scheduing BFQ por padrão. Como desktop padrão, a distro traz o ambiente GNOME 3.12 no modo fallback, que pode fornecer uma experiência de usuário similar ao Gnome 2 (a distribuição também está disponível em uma versão com o ambiente desktop LXDE ou na versão “Trisquel on a Sugar TOAST”, específico para crianças de 0 a 12 anos).

A distribuição Triskel foi lançada com o Abrowser 33 como navegador padrão (um fork do Firefox), enquanto o cliente de e-mail IceCat 31 está disponível como uma instalação opcional com um único clique, a partir da página inicial do Abrowser. Todos completos com muitos recursos adicionais e úteis para melhorar a privacidade o usuário.


Veja também


Pré-instalado no Trisquel 7.0 LTS Belenos, também está a carteira Bitcoin Electrum, bem como outras melhorias. Observe também que o instalador inclui mais de 50 línguas e aplicações adicionais.



Conheça melhor a distribuição Trisquel 7.0 LTS Belenos

Para saber mais sobre a distribuição Trisquel, acesse esse link.
Para ver mais detalhes sobre a versão 7.0 LTS Belenos, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Trisquel 7.0 LTS Belenos

A imagem ISO do Trisquel 7.0 LTS Belenos já pode ser baixada acessando o link abaixo:
Trisquel 7.0 LTS Belenos

Como gravar a imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esses tutoriais que já foram publicados no blog:
Como gravar uma imagem ISO no Ubuntu

Via lffl linux freedom

Não está aparecendo algo?

Este post é melhor visualizado acessando direto da fonte. Para isso, clique nesse link.


O que está sendo falado no blog hoje


Edivaldo

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Website: http://www.edivaldobrito.com.br



blog comments powered by Disqus