Como instalar a versão mais recente do Wine no Ubuntu



Precisando executar aplicativos do Windows no Ubuntu? Então veja aqui como instalar a versão mais recente do Wine no Ubuntu e sistemas derivados.


O Wine é um software livre e de código aberto, que tem como objetivo permitir que os aplicativos desenvolvidos para Microsoft Windows possam ser executados no Linux, Mac, FreeBSD e Solaris.

Como instalar a versão mais recente do Wine no Ubuntu

O programa é muito importante para ex-usuários do sistema operacional Windows ou para qualquer pessoa que ainda precisa usar os aplicativos desse sistema no Linux.



Para aqueles que não sabem nada sobre o projeto, o Wine (originalmente um acrônimo para “Wine Is Not an Emulator” ou “Wine não é um emulador”) é uma camada de compatibilidade capaz de executar aplicativos Windows em vários sistemas operacionais compatíveis com POSIX, como Linux, Mac OSX, e BSD.

Como instalar a versão mais recente do Wine no Ubuntu

Em vez de simular a lógica interna do Windows como faz uma máquina virtual ou emulador, o Wine traduz on-the-fly as chamadas de API do Windows em chamadas POSIX. Isso elimina a perda do o desempenho e da memória que ocorrem em outros métodos, e permite integrar de forma limpa aplicações Windows em seu ambiente de trabalho.

Wine começou em 1993 sob a coordenação inicial de Bob Amstadt como uma forma de suportar a execução de programas do Windows 3.1 no Linux. Muito cedo, a liderança sobre o desenvolvimento do Wine foi passada para Alexandre Julliard, que mantém o projeto desde então.

Ao longo dos anos, como a API e as aplicações do Windows têm evoluído para tirar proveito de novos hardwares e softwares, Wine foi adaptado para suportar novos recursos, o tempo todo sendo portado para outros sistemas operacionais, tornando-se mais estável, e proporcionando uma melhor experiência do usuário.

Um projeto ambicioso por definição, os trabalhos no Wine continuariam constantemente por 15 anos até o programa finalmente alcançar versão 1.0, a primeira versão estável, em 2008.

Vários lançamentos mais tarde, o Wine ainda está sob desenvolvimento ativo até hoje, e embora não haja mais trabalho a ser feito, estima-se que milhões de pessoas usam o Wine para executar programas Windows sobre o sistema operacional de sua escolha.

Basicamente, ao instalar o Wine no Ubuntu, por exemplo, você pode executar softwares feitos para o sistema operacional Windows em outros sistemas operacionais, sem a necessidade de instalar o sistema operacional físico.

Ele também fornece implementações alternativas das bibliotecas DLL, que são chamados pelos programas do sistema operacional da Microsoft. Dessa forma, você pode rodar aplicativos para Windows no Linux, sem complicações.

O aplicativo foi atualizado recentemente e por isso, esse tutorial está sendo republicado com os links atualizados.

Destaques do lançamento do Wine 2.4

O Wine 2.4 foi lançado oficialmente e os desenvolvedores ainda estão conectando seu Direct3D command stream work, para melhorar o desempenho do Wine.

Para aqueles que não se lembram do que é o Direct3D command stream work: é uma forma de multithreading para um melhor desempenho gráfico ao executar jogos no Wine.

  • Implementação incorporada de hashes criptográficos;
  • Mono engine atualizado com correções upstream;
  • Mais Direct3D command stream work;
  • Simulado negrito e itálico no DirectWrite;
  • Melhorias no leitor de XML.
  • Eles também corrigiram 35 bugs em jogos como Galactic Civ 3, The Next BIG Thing, Aliens vs. Predator (2010, Steam). E muito mais.. Confira o anúncio.

    Conheça melhor o Wine

    Para saber mais sobre o programa, clique nesse link ou veja essa série de artigos:
    Instalando e manipulando aplicativos para Windows no Linux e outros assuntos relacionados

    O aplicativo foi atualizado recentemente e por isso, esse tutorial está sendo republicado com os links atualizados.

    Como instalar a mais recente versão estável do Wine (2.0) no Ubuntu

    Para instalar a versão mais recente versão estável do Wine no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
    Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
    Passo 2. Se ainda não tiver, adicione o repositório da equipe Wine com este comando ou use esse tutorial;

    sudo add-apt-repository ppa:ricotz/unstable -y

    Passo 3. Remova a versão anterior do Wine com esse comando;

    sudo apt remove wine wine1.8 wine-stable libwine* fonts-wine* && sudo apt autoremove

    Passo 4. Atualize o APT com o comando:

    sudo apt-get update

    Passo 5. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

    sudo apt-get install wine2.0 -y

    Como instalar a mais recente versão de desenvolvimento do Wine (2.4) no Ubuntu

    A versão de desenvolvimento do Wine dá acesso às últimas funcionalidades do programa bem antes do lançamento da versão estável.
    Para instalar a mais recente versão de desenvolvimento do Wine no Ubuntu e ainda poder receber automaticamente as futuras atualizações dele, você deve fazer o seguinte:
    Passo 1. Abra um terminal (no Unity use as teclas CTRL + ALT + T);
    Passo 2. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

    uname -m

    Passo 3. Se seu sistema é de 64 bits, acesse o tutorial abaixo para ativar o suporte a 32-bits no Ubuntu de 64-bits;
    Como ativar o suporte a 32-bits no Ubuntu de 64-bits
    Passo 4. Depois, adicione o repositório do programa com este comando ou use esse tutorial;

    sudo add-apt-repository ppa:wine/wine-builds

    Passo 5. Atualize o APT com o comando:

    sudo apt-get update

    Passo 6. Agora use o comando abaixo para instalar o programa;

    sudo apt-get install --install-recommends winehq-devel

    Como instalar a versão mais recente do Wine no Ubuntu manualmente

    Para instalar a versão mais recente do Wine no Ubuntu manualmente, você deve fazer o seguinte:
    Passo 1. Abra um terminal (Usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T);
    Passo 2. Instale os pacotes necessário para compilar o código fonte do Wine:

    sudo apt-get install flex bison qt4-qmake gcc-multilib g++-multilib lib32z1-dev lib32bz2-dev libx11-dev libfreetype6-dev:i386

    Passo 3. Use o comando abaixo para baixar o código fonte do Wine. Se o link estiver desatualizado, acesse essa página, baixe a última versão e salve-o com o nome wine.tar.bz2:

    wget https://ufpr.dl.sourceforge.net/project/wine/Source/wine-1.8.4.tar.bz2 -O wine.tar.bz2

    Passo 4. Descompacte o arquivo baixado com o comando:

    tar -xjvf wine.tar.bz2

    Passo 5. Vá para a pasta criada pelo descompactador:

    cd wine-*

    Passo 6. Faça a verificação inicial da compilação com o comando:

    ./configure

    Passo 7. Confira se o seu sistema é de 32 bits ou 64 bits, para isso, use o seguinte comando no terminal:

    uname -m

    Passo 8. Se for um sistema de 64 bits,use o comando:

    ./configure --enable-win64

    Passo 9. Vá para a pasta tools com o comando:

    cd tools

    Passo 10. Agora instale o programa com o comando abaixo e aguarde o processo finalizar:

    ./wineinstall

    Experimentando os novos recursos do Wine bem antes da versão padrão

    Além da versão de desenvolvimento, se você usa o aplicativos Windows no Linux e quer experimentar os novos recursos do Wine bem antes da versão padrão, veja como fazer isso usando o Wine Staging, acessando o tutorial abaixo:
    Experimente os novos recursos do Wine mais rápido com Wine Staging

    Instalar e executando aplicativos para Windows no Linux com Wine

    Uma vez instalado o Wine no Ubuntu, você já pode testar o programa.

    Para instalar e rodar aplicativos para Windows no Linux, abra o Nautilus (ou outro gerenciador de arquivo que suporte o programa) e vá para uma pasta onde está um programa Windows e clique com o botão direito do mouse. No menu que aparece, clique na opção “Open With Wine” (Abrir com o Wine).

    Como instalar a versão mais recente do Wine no Ubuntu

    Ou abra um terminal e vá para uma pasta onde está um programa Windows e digite (substitua programa pelo nome do executável Windows):

    wine programa

    Se for tiver compilado para 64 bits, use o comando abaixo:

    wine64 programa

    Só não esqueça de substituir “programa” pelo nome do executável Windows.

    Desinstalando o Wine no Ubuntu e derivados

    Para desinstalar o Wine no Ubuntu e derivados, faça o seguinte:
    Passo 1. Abra um terminal;
    Passo 2. Desinstale o Wine, usando os comandos abaixo;

    sudo apt remove wine2.0
    sudo apt-get autoremove

    Passo 2. Desinstale a versão de desenvolvimento do Wine, usando os comandos abaixo;

    sudo apt-get remove winehq-devel
    sudo apt-get autoremove

    Fonte

    O que está sendo falado no blog nos últimos dias


    Edivaldo

    Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande de fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

    Website: http://www.edivaldobrito.com.br/author/edivaldo/



    blog comments powered by Disqus