Alpine Linux 3.9 lançado com suporte a ARMv7 e muito mais

E foi lançado o Alpine Linux 3.9 com suporte a ARMv7 e muito mais. Confira essas e outras novidades e descubra onde baixar a distro.

E foi lançado o Alpine Linux 3.9 com suporte a ARMv7 e muito mais. Confira essas e outras novidades e descubra onde baixar a distro.


O Alpine Linux é um sistema operacional criado pela comunidade e desenvolvido para , firewalls, VPNs, caixas VoIP e servidores.
Alpine Linux 3.9 lançado com suporte a ARMv7 e muito mais
Alpine Linux 3.9 lançado com suporte a ARMv7 e muito mais

Ele foi projetado com segurança em mente: Ele possui recursos de segurança proativos, como o PaX e o SSP, que impedem a exploração de falhas de segurança no software.

A biblioteca C usada é musl e as ferramentas base estão todas no BusyBox. Esses são normalmente encontrados em sistemas embarcados e são menores que as ferramentas encontradas em sistemas Linux.

Novidades do Alpine Linux 3.9

Depois de nada menos que cinco candidatos a lançamento (RC), o sistema operacional Alpine Linux 3.9 está pronto para implementações em massa, já que a equipe de desenvolvimento liderada por Natanael Copa anunciou o lançamento final.

O Alpine Linux 3.9 vem seis meses após a série 3.8 para adicionar novos recursos e mais aprimoramentos à distribuição Linux orientada à segurança baseada em musl/BusyBox.

Destaques desta versão incluem suporte para arquiteturas ARMv7, a substituição da LibreSSL pela OpenSSL e melhor suporte para o bootloader GRUB.

Sobre isso, o anúncio de lançamento diz o seguinte:

“Os usuários do GRUB devem verificar se sua configuração é gerada corretamente e ter a mídia de de emergência preparada.”

O anúncio de lançamento também observa o fato de que a opção “moodloop” para especificar quando um sistema de arquivos SquashFS é montado em /.modloop está agora assinado no Alpine Linux 3.9.

Componentes atualizados, outras alterações

Sob o capô, o Alpine Linux 3.9 é alimentado pela mais recente série de kernel suportada a longo prazo, o Linux 4.19, e inclui componentes principais atualizados como o GNU Compiler Collection (GCC) 8.2.0, o BusyBox 1.29, o musl libc 1.1.20, Go 1.11.5, LXC 3.1, PostgreSQL 11.1, Node.js 10.14.2, Zabbix 4.0.3, Crystal 0.27 e Nextcloud 15.0.2.

Também foi alterada nesta versão a remoção dos binários de 32 bits para o navegador Web Firefox, que agora está disponível apenas na arquitetura de 64 bits (x86_64) devido ao Rust.

Para saber mais sobre essa versão da distribuição, acesse a nota de lançamento.

Baixe e experimente o Alpine Linux 3.9

A imagem ISO do Alpine Linux 3.9 já pode ser baixada acessando a página de download da distribuição.

Você pode baixar o Alpine Linux 3.9 agora mesmo através do nosso portal de software livre em várias edições para uma ampla gama de arquiteturas de .

As edições disponíveis do Alpine Linux incluem Standard Edition para arquiteturas de 64 bits, 32 bits, IBM System Z e PowerPC LE de 64 bits, Edições estendidas e virtuais para arquiteturas de 64 bits e 32 bits, Netboot e Mini Root Filesystem Editions for 64 Arquiteturas LE de 32 bits, ARMhf, AArch64 (ARM de 64 bits), IBM System Z e PowerPC de 64 bits e Xen Edition para arquiteturas de 64 bits.

Verifique se a imagem ISO está corrompida

Antes de gravar a imagem ISO que você baixou, verifique se ela está corrompida usando o tutorial abaixo:
Como verificar se uma imagem ISO está corrompida

Como gravar uma imagem ISO no Linux

Quem precisar gravar a imagem ISO após o download, pode usar esse tutorial do blog:

Como gravar uma imagem ISO Usando o Nautilus
Como gravar uma imagem ISO usando o Terminal
Como criar um pendrive de instalação
Como criar um pendrive inicializável com GNOME Disks
Como criar um pendrive inicializável com o Etcher no Linux

O que está sendo falado no blog

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo