Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Alternativa ao CentOS, o Project Lenix foi renomeado para AlmaLinux

Criado para ser uma alternativa ao CentOS, o Project Lenix foi renomeado para AlmaLinux. Confira os detalhes e consequências dessa mudança.

No mês passado, o anúncio da equipe CentOS de substituir e mudar o foco total do CentOS Linux para sua futura substituição do CentOS Stream levou à criação de novas distribuições alternativas, como Rocky Linux, do criador do CentOS Greg Kurtzer, e o Projeto Lenix da CloudLinux Inc.

Por um lado, o Rocky Linux teve como objetivo seu primeiro lançamento no segundo trimestre de 2021, ou seja, após março. Por outro lado, o Projeto Lenix tinha como objetivo o primeiro trimestre de 2021, ou seja, antes de março.

Dando continuidade ao desenvolvimento mais recente do Projeto Lenix, a CloudLinux agora renomeou essa alternativa CentOS para AlmaLinux.

Alternativa ao CentOS, Project Lenix foi renomeado para AlmaLinux

Alternativa ao CentOS, o Project Lenix foi renomeado para AlmaLinux

A CloudLinux escolheu o nome ‘AlmaLinux’ (uma palavra em latim para alma) em homenagem aos esforços incansáveis ​​da comunidade Linux.

No entanto, o objetivo e o resto do projeto permanecem os mesmos: fornecer um fork do RHEL (Red Hat Enterprise Linux) 8 completamente gratuito, de código aberto, de propriedade e governado pela comunidade, estável, pronto para produção e 1:1.

A distribuição AlmaLinux Linux também pretende ser uma alternativa ao lançamento estável do CentOS. Se você quiser mudar do CentOS, ele também oferece uma transição rápida e sem esforço com investimento mínimo e nenhuma alteração de software usando um único comando.

Como você também deve saber, ao anunciar o fork do RHEL voltado para a comunidade Project Lenix (que agora é AlmaLinux), a CloudLinux Inc comprometeu um patrocínio anual de US$ 1 milhão para o desenvolvimento, manutenção, segurança e outros tipos de suporte para esta distribuição Linux.

Além disso, a equipe CloudLinux dará suporte a versões futuras do RHEL para fornecer atualizações estáveis ​​e bem testadas para o AlmaLinux até 2029, sem encargos ou taxas.

Se você quiser saber mais sobre a AlmaLinux, confira o site oficial.

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair da versão mobile