Beta do Driver NVIDIA 435.17 adiciona o PRIME Offloading para Vulkan e OpenGL + GLX

Confira os detalhes do anuncio de que o beta do Driver NVIDIA 435.17 adiciona o PRIME Offloading para Vulkan e OpenGL + GLX!

Agora, o do NVIDIA 435.17 adiciona para Vulkan e OpenGL + . Confira os detalhes desse e outros aspectos desse driver.

NVIDIA é uma multinacional americana que fabrica peças de computador, e é mais popularmente conhecida por sua série de placas de vídeo GeForce.

Beta do Driver NVIDIA 435.17 adiciona o PRIME Offloading para Vulkan e OpenGL + GLX
Beta do Driver NVIDIA 435.17 adiciona o PRIME Offloading para Vulkan e OpenGL + GLX

Essa empresa também é uma das poucas que produz drivers para Linux, mas apesar de todo o esforço dela, nem sempre é fácil instalar o driver de suas placas no sistema.

Beta do Driver NVIDIA 435.17 adiciona o PRIME Offloading

O mais recente beta do driver NVIDIA 435.17 para Linux adicionou suporte a Vulkan e OpenGL + GLX para descarregamento de renderização PRIME.

O PRIME é uma coleção de recursos no kernel do Linux, de exibição e vários drivers para habilitar o descarregamento de GPU com configurações multi-GPU no Linux, como laptops usando o NVIDIA Optimus (que usa uma GPU Intel integrada e uma GPU NVIDIA discreta).

Graças ao novo descarregamento de renderização PRIME sob demanda, você poderá executar aplicativos específicos na GPU NVIDIA discreta, enquanto usa a GPU integrada para todo o resto, economizando energia da bateria.

O driver beta mais recente do NVIDIA 435.17 Linux suporta Vulkan e OpenGL + GLX para descarregamento de renderização PRIME, mas o EGL da NVIDIA ainda não é suportado.


Para utilizar o novo recurso de descarregamento de renderização PRIME do mais recente driver beta da NVIDIA, você precisará do X Server com alguns patches que ainda não foram lançados em versões oficiais do X Server, embora um PPA para o Ubuntu 19.04 ou 18.04 seja oferecido para aqueles dispostos a testá-lo (mas o NVIDIA Drivers PPA só tem a versão 435.17 para o Ubuntu 19.10 agora, então se você usar uma versão mais antiga, terá que esperar).

Alguma configuração extra de tela X (xorg.conf) também é necessária para fazer as coisas funcionarem.

Também é importante notar que parece que as aplicações gráficas devem ser descarregadas para a tela da GPU NVIDIA, algumas variáveis ​​de ambiente são necessárias, dependendo do tipo de aplicativo que você está tentando executar:

Para aplicativos Vulkan, você precisará usar __NV_PRIME_RENDER_OFFLOAD=1 (por exemplo: __NV_PRIME_RENDER_OFFLOAD=1 vkcube)

Para aplicativos GLX, será necessário usar os dois __NV_PRIME_RENDER_OFFLOAD=1 e __GLX_VENDOR_LIBRARY_NAME=nvidia (por exemplo: __NV_PRIME_RENDER_OFFLOAD=1 __GLX_VENDOR_LIBRARY_NAME=nvidia glxinfo | grep vendor).

Leia mais sobre as alterações no driver beta do NVIDIA 435.17 e confira os detalhes e os requisitos do PRIME render offload.

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Ajude a manter o Blog do Edivaldo - Faça uma doação

Se você gosta do conteúdo do Blog, você pode ajudar a manter o site simplesmente fazendo uma doação única, esporádica ou mensal, usando uma das opções abaixo:

Doação usando Paypal

Doação usando PagSeguro
Outras formas de ajudar a manter o Blog do Edivaldo