Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

BlackBerry está vendendo patentes de dispositivos móveis, mensagens e wireless por US$ 600 milhões

Depois de sair sumir do mercado de smartphones, agora a BlackBerry está vendendo patentes de dispositivos móveis, mensagens e wireless por US$ 600 milhões.

A BlackBerry está praticamente fora do mercado de smartphones há anos, mas 2022 está começando a parecer o ano em que a empresa coloca mais alguns pregos no caixão.

Agora, depois de encerrar alguns serviços importantes usados ​​pelos telefones BlackBerry OS no início deste mês e anunciar que alguns de seus aplicativos Android também chegariam ao fim da vida útil neste verão, a empresa anunciou que está vendendo várias patentes herdadas.

BlackBerry está vendendo patentes de dispositivos móveis, mensagens e wireless por US$ 600 milhões

BlackBerry está vendendo patentes de dispositivos móveis, mensagens e wireless por US$ 600 milhões
BlackBerry está vendendo patentes de dispositivos móveis, mensagens e wireless por US$ 600 milhões

Sim. A BlackBerry está vendendo patentes de dispositivos móveis, mensagens e wireless por US$ 600 milhões.

Em um acordo no valor de US$ 600 milhões, a BlackBerry diz que está vendendo “substancialmente todos os seus ativos de patentes não essenciais” cobrindo coisas como “dispositivos móveis, mensagens e redes sem fio”.

O comprador é um veículo de propósito especial chamado Catapult IP que foi formado especificamente para adquirir os ativos da BlackBerry.

Não está claro o que a Catapult fará com essas patentes – a empresa pode tentar ganhar dinheiro licenciando as tecnologias cobertas pelas patentes para outras pessoas tentando construir dispositivos móveis, aplicativos e serviços… ou desempenhar o papel de um troll de patentes e tentar processar empresas que já estão usando tecnologias que podem ser consideradas como infringindo essas patentes.

Ou talvez a Catapult apenas tente vender as patentes para outra empresa que busca reforçar sua própria proteção contra ações judiciais.

Como aponta o Ars Technica, os termos do acordo significam que a Catapult está pagando à Blackberry US$ 450 milhões adiantados, com a promessa de entregar mais US$ 150 milhões em três anos.

O financiamento para os US$ 450 milhões vem de um empréstimo… o que significa que a Catapult é uma empresa com muitas dívidas que não rende nada.

Tudo o que tem são patentes, então precisará fazer algo para começar a ganhar dinheiro em breve, e a maneira mais rápida de fazer isso é começar a processar empresas que acredita que podem provar que estão infringindo sua propriedade intelectual.

Mais interessante do que o fato de a BlackBerry estar vendendo suas patentes legadas, porém, é a maneira como a empresa descreve as patentes relacionadas a dispositivos móveis como “não essenciais” para os negócios da empresa.

Embora a empresa tenha sido um dos primeiros grandes players no espaço de smartphones, atualmente a BlackBerry é principalmente uma empresa de software e segurança.

Dito isso, pelo menos uma empresa anunciou planos de licenciar o nome BlackBerry para um novo telefone que será lançado ainda este ano. Mas a OnwardMobility não forneceu muitos detalhes sobre esse telefone, além do fato de que ele terá um teclado físico.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.