Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Chips AMD Ryzen 7000 terá núcleos de CPU Zen 4 e gráficos RDNA 2

Segundo a própria fabricante, os Chips AMD Ryzen 7000 terá núcleos de CPU Zen 4 e gráficos RDNA 2, além de 15% de melhoria no desempenho.

A AMD espera começar a enviar processadores Ryzen 7000 para computadores desktop neste outono americano (a partir de setembro), mas depois de um breve teaser em janeiro, agora a empresa está nos dando uma ideia melhor do que esperar: desempenho mais rápido, melhores gráficos integrados e suporte integrado para DDR5 memória e PCIe 5.0.

Chips AMD Ryzen 7000 terá núcleos de CPU Zen 4 e gráficos RDNA 2

Chips AMD Ryzen 7000 terá núcleos de CPU Zen 4 e gráficos RDNA 2
Chips AMD Ryzen 7000 terá núcleos de CPU Zen 4 e gráficos RDNA 2

Infelizmente, você precisará de uma nova placa-mãe para usar os chips: a AMD diz que os processadores de desktop Ryzen 7000 usam um novo soquete LGA de 1718 pinos e placa-mãe AM5. Os novos chips não são compatíveis com placas-mãe AM4.

A boa notícia é que as novas placas devem incluir suporte nativo para memória DDR5 dual-channel e até 24 pistas PCIe 5.0. Eles também poderão fornecer até 170 watts de potência para os processadores, acima dos 105 watts para chips Ryzen 5000 com placas-mãe AM4.

Os novos chips Ryzen 7000 da AMD são compostos por vários chiplets. Os núcleos de CPU são baseados na arquitetura Zen 4 da AMD, e a empresa diz que esses núcleos de CPU de 5nm trarão:

  • 15% de melhoria no desempenho single-thread em relação ao Zen 3
  • 1 MB de cache L2 por núcleo de CPU (2X mais que Zen 2 ou 3)
  • Velocidades de clock mais altas (incluindo os primeiros chips de desktop AMD para suportar frequências de até 5,5 GHz)

Chips AMD Ryzen 7000 terá núcleos de CPU Zen 4 e gráficos RDNA 2
Chips AMD Ryzen 7000 terá núcleos de CPU Zen 4 e gráficos RDNA 2

Mas a CPU é apenas parte do chip. Há também uma nova matriz de E/S de 6 nm que inclui gráficos integrados baseados na arquitetura RDNA 2 da AMD, memória e controladores PCIe e suporte para até 4 monitores.

Embora a AMD ainda não tenha nos dito exatamente quando os processadores Ryzen 7000 para desktop chegarão às ruas ou fornecido especificações detalhadas para processadores específicos, a empresa confirmou que podemos esperar chips com até 16 núcleos de CPU e 32 threads.

E enquanto as novas placas-mãe AM5 podem fornecer mais energia ao processador, os novos chips também incluem melhorias de eficiência graças aos processos de fabricação de 5nm e 6nm da TSMC, que podem trazer menor consumo de energia quando os chips não estão funcionando em velocidade máxima.


Para mais detalhes, confira o comunicado de imprensa e anúncio (YouTube), mais análises em AnandTech e The Verge.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.