Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Chrome 95 lançado com suporte a FTP completamente removido, e mais

E foi lançado o Chrome 95 com suporte a FTP completamente removido, e muito mais. Confira as novidades e veja como instalar no Linux.

O Chrome é o navegador do Google e também o navegador número um no mercado, com uma participação de mais de 65%, de acordo com dados de terceiros da NetMarketShare.

O Google Chrome foi lançado pela primeira vez em setembro de 2008, para o Microsoft Windows, e mais tarde foi portado para Linux, Mac, iOS e Android.

Agora, o Google está lançando o Chrome 95 como a versão estável mais recente de seu navegador.

Novidades do Chrome 95

Chrome 95 lançado com suporte a FTP completamente removido, e mais
Chrome 95 lançado com suporte a FTP completamente removido, e mais

Com o Chrome 95, o suporte a FTP, anteriormente obsoleto, foi completamente removido. Existem também muitos novos recursos para desenvolvedores disponíveis no Chrome 95, juntamente com uma série de adições voltadas para dispositivos móveis.

Alguns dos destaques do Google Chrome 95 incluem:

  • Começando como um teste de origem, está a tentativa de reduzir as informações da string do agente do usuário HTTP expostas para reduzir a possível impressão digital do navegador por sites.
  • Outro teste de origem são os identificadores de acesso para a API de acesso do sistema de arquivos. Isso pode fornecer um desempenho muito melhor, bem como novos casos de uso.
  • Secure Payment Confirmation e WebAssembly Exception Handling foram promovidos fora de seus testes de origem anteriores.
  • Uma nova API EyeDropper para a construção de seletores de cores personalizados.
  • URLPattern como uma nova API que fornece suporte ao sistema operacional para correspondência de URLs a um padrão fornecido.
  • O suporte a FTP foi completamente removido. Desde o Chrome 88, ele só estava disponível por meio de um teste de descontinuação, mas agora foi completamente eliminado.

Comprar coisas online apresenta um certo risco, mas o Google está tentando melhorar ainda mais. O Chrome 95 inclui autenticação de pagamento aprimorada.

O objetivo é tornar o processo de compra mais seguro e direto. Terceiros, como bancos, podem usar uma nova extensão de pagamento para autenticar quaisquer solicitações durante o processo de checkout.

Além disso, no Chrome 95, os aplicativos web podem se registrar como “gerenciadores de URL”. Isso significa que eles podem agir mais como aplicativos padrão nativos. Por exemplo, clicar em um link associado a um serviço pode abrir o link no aplicativo da web desse serviço.

Essa funcionalidade já era possível por outros meios há algum tempo, mas agora está integrada diretamente no Chrome. O resultado para você, como usuário, é que os aplicativos da web parecem ainda mais com aplicativos nativos “reais”.

Para completar, o Chrome 95 na área de trabalho está recebendo uma nova API EyeDropper. Uma ferramenta conta-gotas permite selecionar uma cor de uma imagem. Você pode ter visto esse recurso em alguns sites, mas agora pode ser implementado mais facilmente com a API integrada.

Pro fim, grupos de guias lentamente se tornaram um recurso padrão em navegadores da web de desktop. O Google continua aprimorando o recurso com a capacidade de salvar Grupos de Guias no Chrome 95.

O recurso é bastante autoexplicativo. Você pode criar um Grupo de Guias normalmente, mas ao invés de ter que recriá-lo se você fechá-lo, você pode simplesmente “Salvar” o grupo. Isso torna muito mais fácil abrir novamente mais tarde.

O recurso está atualmente atrás de um sinalizador de recurso que pode ser encontrado em chrome://flags/#tab-groups-save.

Mais detalhes sobre o Chrome 95 por meio do Chrome Release Blog e ChromeStatus.com.

Como instalar ou atualizar o Chrome

Os usuários de Android e iOS podem atualizar o Chrome em suas respectivas lojas de aplicativos.

Já os usuários de desktop Windows, Mac e Linux podem atualizar para o Chrome mais recente acessando Configurações -> Ajuda -> Sobre o Google Chrome e o navegador verificará automaticamente a nova atualização e a instalará se e quando disponível.

Ou para instalar a versão mais recente do Chrome nas principais distribuições Linux, use um desses tutoriais:
Google Chrome no Linux Ubuntu, Debian, Fedora, Arch e derivados – veja como instalar
Como instalar o Google Chrome no Fedora e derivados
Como instalar o Google Chrome no Ubuntu e derivados

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.