Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Clement Lefebvre falou sobre o Warpinator para Android e Cinnamon 5

Em seu boletim informativo do Linux Mint deste mês, Clement Lefebvre falou sobre o Warpinator para Android e Cinnamon 5, e que o Linux Mint está no Shell.

No boletim informativo do Linux Mint deste mês, podemos ler um feliz Clement Lefebvre. Aconteceu algo que o fez sorrir: um desenvolvedor carregou um software desenvolvido pela equipe do Linux Mint no Google Play, para que ele também possa ser usado no Android.

Clement Lefebvre falou sobre o Warpinator para Android e Cinnamon 5

Clement Lefebvre falou sobre o Warpinator para Android e Cinnamon 5
Clement Lefebvre falou sobre o Warpinator para Android e Cinnamon 5

O software que eles carregaram é o Warpinator, que é como um Apple AirDrop mas para computadores que usam o sistema operacional Linux.

O bom do Warpinator é que, em sua versão original, ele funciona tanto em desktops quanto em celulares e tablets, mas o que o desenvolvedor criou e podemos baixar neste link é uma versão nativa do sistema operacional móvel do Google.

Conforme descrito pelo autor que se autodenomina slowscript, é…

“uma versão não oficial da ferramenta de compartilhamento de arquivos Linux Mint de mesmo nome. É totalmente compatível com o protocolo original e permite transferir arquivos facilmente entre dispositivos Android e Linux.”

O que Lefebvre também mencionou este mês foi que o Linux Mint também está disponível no Shells.

Shells é como uma máquina virtual na nuvem com a qual podemos executar sistemas operacionais como o Manjaro a partir de um navegador da Internet, qualquer que seja o dispositivo que usarmos. Agora, o Linux Mint também está no Shell.

Para finalizar a nota, Lefebvre mencionou que o Hyptonix está tendo uma boa recepção e os primeiros detalhes sobre o Cinnamon 5:

  • Ferramentas de gerenciamento para verificar e aplicar atualizações no Cinnamon para quatro tipos de componentes (especiarias): applets, desklets, extensões e temas.
  • O Cinnamon 5 será fornecido com uma ferramenta de linha de comando chamada cinnamon-spice-updater, que será capaz de exibir as atualizações disponíveis e aplicá-las.
  • O gerenciador de atualização suportará atualizações de “spices” (especiarias?).

Por fim, Lefebvre queria lembrar que o Linux Mint 18 chegou ao fim de seu ciclo de vida, então ele recomenda atualizar e fornecer três links para isso, do 18, 18.1 o 18.2 a 18.3de 18.3 a 19de 19 a 19.3.

 

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.