Do not speak Portuguese? Translate this site with Google or Bing Translator

Cloudfare sofreu uma interrupção mundial! Entenda o que aconteceu

Nesta terça-feira (02/07) o Cloudfare sofreu uma interrupção mundial causada por uma implantação de software ruim! Entenda o que aconteceu!

Cloudflare Inc. é o nome de uma empresa dos Estados Unidos que fornece uma rede de distribuição de conteúdo, serviços de segurança da Internet e serviços de servidor de nome de domínio distribuído, localizados entre o visitante e o provedor de host do usuário da Cloudflare, que age como um proxy reverso para sites.

Cloudfare sofreu uma interrupção mundial! Entenda o que aconteceu
Cloudfare sofreu uma interrupção mundial! Entenda o que aconteceu

Bastante utilizado por grandes, médios e pequenos sites (incluindo este Blog), esse serviço tem uma grande abrangência na web. O problema é quando ele falha!

Cloudfare sofreu uma interrupção mundial

A Cloudfare sofreu uma interrupção mundial hoje por cerca de 30 minutos, com problemas de desempenho de rede que derrubaram uma infinidade de sites e serviços da Web em todo o mundo e acionaram erros ‘502 Bad Gateway’.

Enquanto várias especulações dizem que o provedor de rede de distribuição de conteúdo e serviços de mitigação de DDoS está sendo atacado, John Graham-Cumming, da Cloudfare, diz que os erros 502 vistos pelos visitantes dos sites da Cloudfare foram causados ​​por um aumento na utilização da CPU na rede do provedor.

Graham-Cumming complemento dizendo que:

“Esse pico de CPU foi causado por uma implantação de software ruim que foi revertida. Uma vez revertido, o serviço retornou à operação normal e todos os domínios usando o Cloudflare retornaram aos níveis normais de tráfego.”

Em um post no blog oficial da empresa, Graham-Cumming afirmou:

“Isso não foi um ataque (como alguns especularam) e lamentamos muito que este incidente tenha ocorrido.”

A postagem no blog da Cloudfare confirma o que o CEO da empresa disse no Twitter durante a interrupção da rede:

Prince também twittou sobre os problemas de rede experimentados pela Cloudfare durante o incidente, tranquilizando os clientes de que a equipe estava ‘trabalhando para chegar ao fundo do que está acontecendo’.


O relatório do incidente referente aos erros HTTP 502 de hoje, detectados pelos clientes, foi atualizado pela equipe da Cloudfare uma hora após a atualização inicial e 30 minutos após a correção dos problemas de desempenho da rede, dizendo que:

“A grande interrupção afetou todos os serviços da Cloudflare globalmente. Nós vimos um pico enorme na CPU que fez com que sistemas primários e secundários caíssem. Fechamos o processo que estava causando o pico da CPU.”

Sete minutos depois, a Cloudfare alterou o status do relatório de incidentes para Resolved e adicionou a seguinte mensagem:

“A Cloudflare resolveu o problema e os serviços retomaram a operação normal.”

Esta é a segunda vez em uma semana que a Cloudfare sofreu uma interrupção de rede, embora o vazamento de rota BGP no dia 24 de junho tenha sido causado pela Verizon e pela Noction.

De acordo com o CEO da Cloudfare, o vazamento de rota do BGP foi bastante difícil de ser consertado, já que a equipe da Cloudfare não conseguiu entrar em contato com o NOC da Verizon durante a interrupção.

Vendo que mais de 16 milhões de websites usam mitigação de DDoS da Cloudfare, melhorias de desempenho e vários outros serviços, as interrupções do Cloudfare geralmente têm um grande impacto na Internet como um todo.

Enfim, se ao visitar o Blog do Edivaldo você se deparou com um erro 502, minhas mais sinceras desculpas, pois esse evento está fora do meu controle. Trabalho arduamente para que o site fique ativo 24 horas por dia/7 dias por semana.

E lembre-se de quando encontrar este ou qualquer outro erro, por favor, avise a ocorrência pelo e-mail [email protected]

Obrigado por ajudar a manter este site funcionando!

O que está sendo falado no blog

Veja mais artigos publicados neste dia…

Compartilhe:
Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.