Como desinstalar o Java do Ubuntu 22.04

Se o Java perdeu a utilidade no seu sistema ou você quer removê-lo para uma nova instalação, veja como desinstalar o Java do Ubuntu 22.04.

JAVA é a linguagem de programação usada na maioria dos aplicativos móveis e da web há muito tempo, e também muitas empresas famosas a estão usando para desenvolver software.

Java é uma das linguagens de programação mais populares por aí. Mas não apenas isso, também consiste em uma plataforma de software altamente popular entre os desenvolvedores.

Neste artigo, exploraremos o método de desinstalação do pacote Java do Ubuntu usando a interface de linha de comando.

Como desinstalar o Java do Ubuntu 22.04

Como desinstalar o Java do Ubuntu 22.04
Como desinstalar o Java do Ubuntu 22.04

Para desinstalar o pacote Java do Ubuntu, primeiro vamos confirmar se ele está sendo instalado ou não, para o qual existem dois comandos diferentes, o primeiro é listar todos os pacotes instalados e depois filtrar apenas os pacotes que incluem java usando o comando grep:
sudo apt list --installed | grep java

Outra forma de confirmar a instalação do Java é exibindo a versão instalada do Java executando o comando:
java --version

Agora, vamos descobrir a localização dos pacotes java no Ubuntu. Geralmente eles estão presentes no diretório /opt/ ou no diretório /usr/lib/ que pode ser encontrado pelos métodos hit e trial.

Em nossa máquina Ubuntu, ele está sendo armazenado em /usr/lib/jvm que pode ser listado executando o comando:
ls /usr/lib/jvm

Como podemos ver que todos os pacotes e arquivos de configuração estão localizados neste diretório, vamos remover o diretório do jvm usando o comando:
sudo rm -r /usr/lib/jvm

Para confirmar a desinstalação do java, exibiremos a versão do Java usando o comando:
java --version

A saída é a confirmação de que não há mais nenhum pacote de Java instalado.

Enfim, neste artigo, o método de desinstalação do Ubuntu foi explicado em detalhes, onde, para desinstalar o pacote Java do Ubuntu 22.04, executaremos o comando “sudo rm -r /usr/lib/jvm” após confirmar o diretório do jvm.

Sobre o Edivaldo Brito

Edivaldo Brito é analista de sistemas, gestor de TI, blogueiro e também um grande fã de sistemas operacionais, banco de dados, software livre, redes, programação, dispositivos móveis e tudo mais que envolve tecnologia.

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

Bloqueador de anúncios detectado!!!

Nosso site precisa de publicidade para existir. Por favor, insira-o na lista de permissões/lista branca para liberar a exibição de anúncios e apoiar nosso site. Nosso conteúdo é GRATUITO, e tudo o que pedimos é isso!
Powered By
Best Wordpress Adblock Detecting Plugin | CHP Adblock